BTAsk 06 – Posso ser maçom?

Caso você ainda não saiba, o BTAsk é o nosso canal de dúvidas aqui no Bibotalk. Você manda sua pergunta e a gente compartilha a resposta para todo mundo. E uma pergunta que recebemos recentemente foi sobre o que a Bíblia diz sobre a Ordem DeMolay, um grupo para-maçônico para jovens de 12 a 21 anos do sexo masculino.

A pergunta foi basicamente:

Posso participar da Ordem DeMolay? O que a Bíblia diz sobre isso?

Não vamos reproduzir aqui exatamente o que a pessoa nos perguntou, mas achamos interessante dividir com vocês nossa opinião sobre o assunto.

O que a Bíblia diz sobre os maçons? Bem, obviamente a Bíblia não fala sobre maçons, muito menos sobre a Ordem DeMolay. A Bíblia também não fala sobre cinema, nem sobre redes sociais, nem sobre o Greenpeace. Mas a Bíblia possui princípios que devem guiar as nossas vidas.

Veja o que Jesus disse em João 3:21:

Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.

Essa fala de Jesus faz parte de Sua conversa com Nicodemus, e a luz, pelo contexto, é o próprio Jesus. Mas é interessante notar como Jesus usa a analogia da luz para ensinar sobre nossa vida.

A luz revela. Se minhas obras são feitas em Deus, eu posso confiantemente vir para a luz, e deixar que minhas obras sejam expostas. E os homens provarão as minhas obras. Mas se eu faço o mal, não terei desejo de levar uma vida aberta, pois não quero que minhas obras sejam reprovadas.

Para nós da equipe Bibotalk, não é necessário discutir sobre a qualidade das obras da Ordem DeMolay. Não precisamos ir tão longe. Existe outra discussão anterior e mais importante: se a minha vida deve ser de obras feitas em Deus, e, por causa disso, eu devo estar disposto para trazer minhas obras à luz para que elas sejam manifestadas, por que eu teria interesse em participar de um grupo “discreto” (ou, numa linguagem popular, “secreto”)?

Isso não significa que devo expor tudo o que faço (Mateus 6:3), mas significa sim que tudo que faço deve poder ser exposto.

Nós os cristãos vivemos abertamente. A transparência é uma virtude do cristão que sabe que age em Deus. Isso deveria ser princípio para várias áreas da nossa vida. Então, por que eu iria querer me envolver com um grupo que não manifesta suas obras claramente, a fim de que elas sejam provadas pelos homens?

Procure grupos cristãos (ou mesmo não cristãos) que trazem suas obras para a luz e servem a sociedade se submetendo à avaliação dos homens.

Categorias: BTAsk,Textos

Tags: ,,,