Fora do Éden 19 – Cristãos e o Carnaval, Crivella e Igreja Norueguesa

 
Em tempos de música alta e dança, aqui na fogueira você encontra um ambiente para a calma e reflexão (ou pelo menos o máximo de calma que a trilha sonora do Katsbarnea permite). Rogério Moreira Jr. e William Erthal conversam sobre como os cristãos lidam com o Carnaval, com a participação dos ouvintes. Uma ouvinte também ajudou com uma análise sobre o governo de Crivella, e para fugir do calor brasileiro fomos até a Noruega para discutir como a Igreja se relaciona com o estado. Seja bem vindo a mais um Fora do Éden.

Temas discutidos

  • Carnaval: entre o evangelismo e a folia (que história é essa de Polo Gospel no Carnaval de Olinda? E o Dia do Evangelismo do Carnaval em Santos? E os cristãos que desfilam em escolas de samba?)
  • Marcelo Crivella, prefeito do Rio de Janeiro, luta contra o estigma de político evangélico (como a mídia tem tratado ele? Quais decisões ele tem tomado relacionadas com a fé?)
  • Igreja na Noruega se torna autônoma do Estado Norueguês (como a igreja se relacionava com o estado? O que muda agora?)

Participantes: Rogério Moreira Jr. e William Erthal

Convidados: Pablo Diego, Giancarlo Marx e Silvana Silva.

Comunidade no Telegram e grupo no Facebook do Fora do Éden

Links do programa

Cristãos e o carnaval

  • Site do Evangelismo de Carnaval em Santos

Categorias: Fora do Éden,Podcast

Tags: ,,,,,,,,

  • nababesco
    ê/
    adjetivo
    1.
    relativo a, ou próprio de nababo.
    2.
    p.ext. que apresenta luxo, fausto; ostentoso.

    • Rogério Moreira Júnior

      Valeu mano! Nababesco comentário!

  • Gabriel Viana

    Aquele entrevistador abriu meus olhos. Vou sair pelado na avenida agora…😧

    • Rogério Moreira Júnior

      caumamigo

  • Tauan

    É ótimo que a Igreja da Noruega se separe do Estado norueguês. Seria ótimo também que a Igreja Anglicana se separasse do Estado inglês. A fusão entre Igreja e Estado nesses locais são uma coisa anacrônica que não conseguiu ser superada no contexto da Reforma Protestante (anglicanos e luteranos são da primeira fase da Reforma) e que causa muito mal a essas igrejas que perdem todo potencial de profetismo por essa ligação, ainda mais em uma Europa que não é mais cristã. Em grande parte nem mais cristã parte dessas igrejas são, já que são muito influenciadas pelo liberalismo teológico, com pastores que não creem na ressurreição e se brincar nem mesmo em Deus. Nesses países existem templos antigos que ninguém mais dá bola e viram museus ou boates. Na época da Reforma, luteranos e anglicanos acabaram, por força das circunstâncias, reproduzindo o modelo da Igreja Ortodoxa Grega que era submissa ao imperador bizantino.

    • Rogério Moreira Júnior

      Pois é, é curioso isso, né? Os ortodoxos tem essa característica de serem independentes, mas os católicos brigaram na idade média para poder ser um poder independente – e algumas vezes soberano sobre os governos nacionais.

      Abraços mano! Cola aí sempre que puder – e manda sua notícia lá pro nosso email quando tiver alguma!