BTCast 224 – Dispensacionalismo Progressivo

 

Muito bem (3x), o seu podcast semanal de teologia está no ar. Mac e Victor recebem Antônio Neto mais uma vez para um papo esclarecedor sobre Dispensacionalismo Progressivo.

O que é Dispensacionalismo Progressivo? Quais as características da sua hermenêutica? Há quantos ‘dispensacionalismos’ e qual a diferença entre eles? Por que ‘Deixados Para Trás’ ainda é um problema quando se fala em Dispensacionalismo?

O podcast cristão do Bibotalk tem a missão de ensinar teologia em áudio a fim de ver o crescimento bíblico-teológico da igreja brasileira.

Arte da capa: Guilherme Match (conheça o trabalho dele aqui.)

Links comentados:

————————

Seja um Mantenedor do Bibotalk!

nosso email: podcast@bibotalk.com

Canal de Distribuição no Telegram, clique aqui!

  • @BiboBTcast | @Mac_Mau | @stahlhoefer | @milhoranza |
  • facebook.com/bibotalk | twitter.com/bibotalk | instagram.com/bibotalk
  • Assine nosso canal no Youtube, clique aqui!

  • Assine o feed http://bibotalk.com/categoria/podcast/feed/
  • Envie seu comentário em áudio para podcast@bibotalk.com, ou no botão “Gravar Efeito BTCast!” no canto inferior direito da sua tela!
  • Categorias: BTCast,Plenitude dos Tempos,Podcast

    Tags: ,,,,,,,,,,,

    • Lourival Gonçalves

      Sempre achei o Bibotalk bem organizado.kkk

    • Petherson Costa

      Sangue pingando pelo nariz e fumaça saindo pelas orelhas.
      Vou ter que ouvir de novo outro dia pausando e com papel na mão pra entender melhor. Rs!

      Muito bom!

    • Filipe Mathias

      Vocês poderiam convidar para um BTcast sobre pós-tribulacionismo o Rômulo Maraschin do canal YouTube Firmeza da Verdade, ele está fazendo uma série sobre escatologia muito boa!

    • Filipe Mathias

      Acredito que a melhor maneira de entender a linha temporal da escatologia, o famoso já e ainda não, seja pensar o tempo como um espiral, onde a cada ciclo ocorrido, encurtamos o seguinte e os macos temporais são recorrências de fatos pré-anunciados e que se consumarão, definitivamente, no futuro, com a tribulação, milênio e juízo.

    • Ramon Alves

      Muito bom!
      E mais feliz ainda em saber que o meu estado está divulgando boa teologia através do DP. Pra mim, que já era progressivo, saber que meus irmãos próximos estão empenhados no estudo dessa corrente. Paz!

    • André Daniel Reinke

      Muito boa a apresentação do dispensacionalismo progressivo. Gostaria de pedir aos debatedores que pudessem colocar, nos comentários, alguma bibliografia básica de referência, por exemplo:
      – Principais autores dispensacionalista tradicionais (com a obra mais importante de cada um, se possível)
      – Principais autores dispensacionalistas progressivos (também com obra principal, mesmo que em inglês).
      Pode ser? Ajudaria muito a quem quer buscar mais informações.

      • Antonio Neto

        Fala André, estou te devendo essa bibliografia…

        Bem, vou te indicar obras que irão te ajudar. São obras de diversas correntes dentro do dispensacionalismo.

        – Three Central Issues in Contemporary Dispensationalism: A Comparison of Traditional & Progressive Views
        – Dispensationalism, Israel and the Church
        – Progressive Dispensationalism – Darrel Bock, Craig Blaising
        – The Case for Progressive Dispensationalism – Robert Saucy
        – Dispensacionalismo – Charles Ryrie
        – Dispensacionalismo – Michael Vlach
        – Dispensationalism and the History of Redemption: A Developing and Diverse Tradition – vários autores
        – Continuidade e Descontinuidade – Vários autores
        – Para a escatologia
        1) Quando a Trombeta Soar – vários autores
        2) O Milênio – ed Vida
        3) As Interpretações do Apocalipse- ed Vida
        4) Three views on the Rapture
        5) Manual de Escatologia – Pentecost

        Dica importante: procure os artigos da Biblioteca Sacra, jornal teológico do Dallas Seminary, e do jornal teológico do The Masters Seminary.

        Espero ter ajudado

        • André Daniel Reinke

          Ajudou, sim. Obrigado e abraço!

    • THIAGO MENILLO

      A gente sabe o que os dispensacionalistas tradicionais dizem sobre anticristo, 7 dispensações, etc… Falou bastante o que o progressivo não é, agora a gente quer saber mais do que ele é, foi pouco, Antônio.

    • Carlos Henrique Gomes

      Olá! Confesso que pela primeira vez quase não aproveitei o conteúdo do BTCast, por minha falta de conhecimento. Estava acostumado com a metodologia do BTCast de sempre apresentar um “pano de fundo”, conceitos básicos do assunto tratado, como no caso, o Dispensacionalismo ou essa área específica da teologia, o que não aconteceu. Podem indicar outros episódios que podem me dar uma base maior para entender o assunto tratado, levando em consideração um total leigo não acadêmico? Obrigado e me perdoem a ignorância.

    • Mael Spinelli

      Parabéns irmãos do bibotalk, por comparar o que é popularizado de uma forma correta e o que efetivamente é difundido no meio teológico.
      Acho interessante também, pois a faculdade de teologia que fiz, minha orientadora e o diretor seguiam o dispensacionalismo progressivo (até preferiam o termo pré-mileninsmo futurista) e minha conclusão de curso foi sobre o amilenismo.
      Em algum desses artigos, tem algum conteúdo em forma de diagrama, que possa apresentado em uma aula, comparando as visões teológicas.
      Desde já agradeço, um abraço e fiquem na paz.

      • Antonio Neto

        Poderia me indicar qual é este seminário, bem como estes professores? Ainda são poucos progressivos no país, e eu gostaria muito de conhecê-los.

        • Mael Spinelli

          Infelizmente, não tenho mais o contato deles pois perdi muita coisa do meu antigo celular.
          Como acabei usando o sinal errado… rs
          Sabe onde tem algum conteúdo comparativo bom e didático, que conste o dispensacionalismo progressivo? Pois, a maioria que conheço, só possui o tradicional (com gráficos mirabolantes e complicados) e sempre que abordo um tema em grupos de estudos, gosto de mostrar várias vertentes.

    • Lucas Maia

      Sempre fui da igreja batista, e assim que comecei a ouvir o Bibotalk e frequentei uma igreja presbiteriana por 5 anos comecei a achar que eu era um “batisteriano” (em alguns pontos concordava com o que ouvia dos presbiterianos, mas sem querer abrir mão de algumas interpretações tipicamente batistas)… Hoje descobri que na verdade sou um dispensacionalista progressivo! Vou procurar estudar mais a fundo o assunto 🙂