BTCast 028 – A Saúde da Igreja

 

Muito bem moçada no ar um dos #BTCasts mais esperados pelos ouvintes:
a entrevista com Augustus Nicodemus. Antes de mais nada, obrigado por todos que participaram da campanha #gravanicodemus

Neste episódio o seu podcast de teologia tratou sobre a saúde da igreja e porque Jesus não desiste dela. Falamos também dos problemas que ela vem enfrentado e apontamos alguns caminhos.

Siga-nos no twitter @bibotalk @Mac_Mau @stahlhoefer

curta nossa Fan Page www.facebook.com/bibotalk  com 1000 curtidas rola sorteio!

Assine nosso feeds http://feeds.feedburner.com/bibocast

quer mais Nicodemus, visite o blog dele clique aqui.
Twitter: @augustuslopes
palestra dele sobre Eclesiologia, clique aqui.

críticas, elogios ou só um oi envie seu email para podcast@bibotalk.com

Ouça no PLAYER acima ou clique em DOWNLOAD para baixar (clique com o botão direito do mouse e escolha a opção Salvar Destino Como, ou Salvar Link) Arquivo MP3!

 

Categorias: BTCast,Podcast

Tags: ,,,,,,,,

  • aqui não tem premio f5 né bibo?

    • Bibotalk

      Aqui não mano…

  • Fredson Souza Oliveira

    GALERA DO BTCAST, PARABÉNS MAIS UMA VEZ POR UM ASSUNTO TÃO RELEVANTE PARA O POVO DE DEUS!!!!!!!VALEU GALERA!!!!!!!

  • Lucas Oz

    Excelente entrevista com o Rev. Augustus Nicodemus.
    Ouvindo o final do podcast, a parte de “erros de gravação”, chamou-me a atenção o Bibo comentando que é difícil segurar a “tietagem” frente a um convidado tão ilustre. Lembrei que anos atrás morando no Japão, tive meu momento tiete com o Rev. Augustus (ele em um programa de TV)quando tive a oportunidade de fazer uma pergunta online.Mandei a mais cabeluda que conhecia que era sobre o Comma Johanneum.É claro,a resposta foi muito bem fundamentada e bastante honesta.

    A minha dica para quem quer ouvir mais mensagens do Rev. e outros grandes nomes da Teologia Reformada brasileira é: http://www.escolacharlesspurgeon.com.br/
    Ahh sim, Mac parabéns pelo anúncio do seu filho! Grande abraço a todos

    • Lucas,

      Realmente não é fácil segurar esse lance de tietagem, hehe. Vivendo e aprendendo… e se segurando também, rsrs.
      Quanto ao site indicado por você, eu já o conhecia e, de fato, tem muita coisa boa lá. Eu também recomendo.
      E obrigado quanto aos votos pelo bebê 😀

      Abraço!

  • Jefferson dos Santos

    Grande Entrevista, aproveito para parabenizar vocês pelo ótimo trabalho, continuem nesse propósito.
    Aqui em São Chico, ando fazendo propaganda de vocês(a comissão negociamos mais tarde, blz)

    • Obrigado Jefferson 🙂

      Que boa notícia Jeff! BTCast está explodindo cabeças por todos os lugares, hehe.

      Abração!

  • Mandaram bem rapaziada!!!

    Que tal me mandar o código do post para eu faturar em cima da entrevista no Cinco Solas? Ainda mais que ele falou bem dos pentecostais, hehehe.

    Em Cristo,

    Clóvis

    • Grande Clóvis 😀

      Meu querido irmão, obrigado por ajudar a divulgar o nosso trabalho 🙂

      Abração!

  • Amigos, acho que as minhas maiores considerações mandei pra vocês por email, mas não tem como não voltar aqui pra dizer que foi o melhor podcast de vocês ever.

    Parabéns pela relevância!

    • Alex

      Thiago!

      Mega obrigado pelo email e pelo comentário.
      Abraço

  • Ei pessoal, preciso processar o conteúdo para comentar de verdade aqui sem parecer um spamer hehe, mas desde já muito obrigado!
    Entrou pra lista dos podcasts mais edificantes que já ouvi, valeu mesmo o esforço.

    • Obrigado pelo carinho e consideração Deivid 🙂

      Forte abraço.

  • Bom dia Irmãos,

    Gostaria de saber a direção/posição desse site, ele é reformado ou não é?
    É Calvinista? Pergunto, pois em todos os episódios que ouvi até hoje parece que toda a história dos Anabatistas, que caminharam a parte da igreja católica e por isso nunca foram reformados é esquecida ou ignorada, recomendo a vocês a leitura do livro Rasto de Sangue para entender um pouco mais do que estou falando.
    Percebi nos episódios sobre armenianismo e calvinismo que vocês tentam deixar uma idéia que no meio Cristão ou você é um ou outro, mas isso não é verdade, você tem a terceira opção que é ser Bíblico.

    Em Cristo,

    Wagner.

    • Esqueci de mencionar, sobre o episódio, nunca vou entender todo esse frenesi acerca desse Reverendo, não falou nada que qualquer criança não perceba e além disso todos seus comentários são cheios da doutrina Calvinista que ele carrega, não gostei.

      “E, demais disto, filho meu, atenta: não há limite para fazer livros, e o muito estudar é enfado da carne.
      Eclesiastes 12:12”

    • Assino TOTAL e INTEGRALMENTE embaixo.
      Tenho me pego nesta reflexão recentemente: – Se Paulo já nos orientou a não ficarmos com delongas, do tipo, eu sou de Paulo, eu sou de Silas, eu sou de Apolo… mas, somos todos de CRISTO… será que passamos batido por tudo isso… e agora ficamos aqui dizendo: – Sou calvinista, sou arminiano, sou A, B, ou C….

      Não podemos ser simplesmente de Cristo?
      Será que estes irmãos, por mais iluminados que o fossem, para as suas épocas, tiveram maior sabedoria e acesso ao conhecimento que nossos contemporâneos? ou ainda, a Bíblia, poderia prover tantos equívocos assim, que, em 500 anos, ainda não houverão soluções para eles?

      Sinto, não sou liberal, nem monérgico, nem sinérgico, nem enérgico, nem lutérgico…(rsss)… Sou de Cristo. (mas isso, é assunto pra outro tópico)

  • Alex

    Estimado Wagner,

    Obrigado pelo comentário. Apreciamos também quando alguém não concorda e expõe suas razões.
    Quanto a orientação confessional do bibotalk.com.br podemos dizer que não há unanimidade neste assunto. Bibo e Mac são pentecostais. Bibo estudou em faculdade luterana, Mac tem influencias reformadas. Eu sou luterano. Não somos calvinistas num sentido mais estrito da palavra, mas temos influencias sim. Assim como temos influencias de outras teologias cristãs, inclusive da ala esquerda da reforma, o anabatismo que está no fundamento do surgimento do movimento pentecostal. Talvez aqui poderiamos fazer justiça com o anabatismo incluindo Meno Simons na série Gigantes, ou talvez fazendo um contraponto de Lutero com as posições dos “profetas de Zwickau”, como Thomas Müntzer.
    É claro que sabemos que nem todos os ouvintes do #BTCast compartilham das ideias do Nicodemus, também não subscrevo tudo que ele diz ou pensa. Há entre nossos ouvintes irmãos e irmãs de diversas confissões, e isto enriquece. sonhamos sim em poder ter convidados de outras confissões, mas sabemos que nem sempre isto é possivel por motivos de agenda, e também há aqueles que não se envolvem com ” simples blogueiros”.
    Não queremos empurrar doutrina calvinista, nem luterana (no meu caso), ou pentecostal para nossos ouvintes, mas queremos sim dialogar, nos conhecer melhor, conhecer as doutrinas diversas dentro da família cristã. Estudá-las a luz das Escrituras e permitir que os ouvintes exerçam sua capacidade de discernimento para seguir aquilo que lhe pareça mais razoável a partir das Escrituras. Não temos a pretensão de achar que só nós temos a razão e que o que dizemos é ex-cathedra. Somos falhos, somos pecadores, e fazemos teologia à luz da graça. Lemos livros, pesquisamos, estudamos. Teologia é o nosso esporte, sim e apesar de cansar e as vezes dar vontade de não fazer mais (cf. Ec 12.12 que citaste) continuamos porque sabemos que há pessoas sendo edificadas. Esta é a razão do nosso serviço, que fazemos gratuitamente, no tempo livre que temos, com os recursos que temos.
    Abraços cordiais em Cristo Jesus!

    • Bibotalk

      assino embaixo

  • Amados,

    Obrigado pela resposta, entendi um pouco mais sobre vocês, agradeço o diálogo, também não me acho o dono da verdade, mas tenho muito, mas muito mesmo, medo de ser enganado, por conta disso, me abraço muito a bíblia e tenho medo de teólogos e pensamentos.
    Eu tenho na minha mente que a bíblia e a Salvação é para todos e por conta disso tenho receio de complexar as coisas.

    obs.: Tirando essas partes que descordamos, acho excelente o Pod de vocês.

    Em Cristo,

    Wagner.

  • Diz ai amigos do BTCast…

    Já tem um tempinho que ouvi o BTCast pela primeira vez, acho que tem poquinho mais que um anos e já, se eu nao me engano foi sobre o sabado, desde aquela epoca sigo o bibo no twitter ;)… lembro que tava bem no comecinho dos podcast, naquela epoca eu estava estudando pra começar o meu tbm, que nem foi adiante ^^ mas de doa ;)… depois acabei ficando meio longe da podosfera, vez ou outra tenho ouvido alguma coisa, mas essa semana, na terça, o Bibo postou no twitter um sobre Justificação e Santificação … caara, massa de mais… depois já fui pro do calvinismo, depois pros dois de arminianos, muito massa tbm, o Paulo é muito bom mano (obs. sou arminiano) … dai já vim pra esse, que estou ansio desde terça pra ouvir … cara, Nicodemus é, sem palavra … curto muito ele, apesar de nao concordar som seus pontos calvinistas ^^, mas ninguem é perfeito hehehe, ele não “escolheu” ser assim ^^ … Já li o “Ateismo Cristão”, muito bom, e direto estou no blog dele ou assistingo alguma coisa dele no youtube… que DEUS inspire mais jovens com a vida dele, e de vcs tbm…

    Galera, vlws msmo, vcs estão de parabens pelos pods, estão muito show … e me insentivou a voltar aos pods, que eu já estava sentindo falta ^^ …

    Pode cre, viremexe estarei por aqui tbm … ^^
    Espero ter tempo pra comenta-los tbm 😉

    Vlws gente, DEUS abencoe vcs de montaum … #TamoJunto 😉

    Aquele abraço …

    Leandro

  • Agora vou comentar sobre o Tema 😉 …

    (obs. aah, como eu gostaria de ter participado dessa campanha pelo Nicodemus)

    Cara, realmente estamos vivendo em um mundo de uma grande pobreza teológica, e isso tem atingido a igreja de uma forma muito triste… infelizmente a igreja já não tem mais se interessado pela leitura da bíblia, e algumas lêem de forma mística, como se fosse um livro da sorte ou algo assim, “vou ler pra Deus me abençoar” … as pessoas hoje preferem ouvir um pastor que pregue bem (o que elas querem ouvir), vão a igreja, programas, células e ouvem tudo, e aceitam tudo do jeito que ouvem … infelizmente são poucos (qnto tem) que se interessam pela teologia, que se preocupam em saber se o que está sento pregado esta correto, e que incentivam outros jovem à mesma visão…

    Outra coisa bem negativa, é a cobiça dos pastores, e até da igreja pelo crescimento numérico da igreja… pelos métodos… igrejas estão adotando métodos sem nem estudar seu fundo histórico e teológico, causando um grande inchaço numérico, e uma grande divisão desfavorecida aos membros mais antigos e mais conservador, que não é percebida, ou cuidada, devido à grande quantidade de pessoas indultas que estão chegando e se moldando a nova visão sincretista …

    Pastores estão pregando de seu púlpitos sobre métodos, infelizmente tenho visto isso, e cada vez menos a bíblia … e os membros se alegram e se enchem de não sei o que, pois da bíblia não é…

    Precisamos imediatamente de grande despertar, de um grande avivamento teológico….

    Vamos orar por isso … DEUS nos ajude a encontrar esse caminho … e a incentivar os jovens na busca por esse Avivamento Teológico

    • Irmão, concordo com tudo o que disse. APENAS um registro: – Trabalho com células há 19 anos, a partir do próximo, já serão 20 anos. Muito antes do César Castelhanos surgir em terras brasileiras, portanto, ou do TerraNova. Posso lhe dizer que em todas as células de que participei o ESTUDO da BÍBLIA era a coisa mais estimulada.

  • Barbaridade! Peguei o link de vocês com amigão da raça (o Wagão, sofredor do Internacional do RS!!!) hoje e a d o r e i (sem idolatrias!!!), o espaço de vocês! Parabéns. Virei aqui sempre.

    • Bibotalk

      és bem vindo aqui nesse lugar

  • Robson Santos

    Conheci vcs!Agora deletando caio fábio!kkkkkk

  • e por ai que a noticia chega em primeiro lugar.

  • César

    Prezados graça e paz! Esse btcast com o Nicodemus foi SHOW! “Sigo” vcs a algum tempo e estou cada dia mais “viciado” nessas hemorragias nasais iradas! Tenho aprendido muito com vcs e com os convidados! Sugiro que chamem para um btcast o Pastor Renato Vargens, o cara também é fera!! Sugiro um tema, “A Salvação se perde?”

    Fiquem na paz!!

    Obs: Baixo a maioria para ouvir no celular! Fico feito um louco rindo de tudo!!! Rs

  • Morais C

    Paz e Graça e vois outros,

    Pois embora seja um podcast antigo, gostaria que me esclarecessem algo: O que é desigrejado? Deixariam eles de fazer parte da Igreja pelo facto de deixarem de fazer parte de uma denominação?

    • Não necessariamente de uma denominação, mas da comunhão com os irmãos que se fazem igreja naquela denominação.

      • Morais C

        Maurício Machado, mas ainda assim ele(s) não deixaria de ser membro do corpo( Igreja) de Cristo. Biblicamente falando eu não creio que os membros do corpo de Cristo deva ser institucionalizado. O Irmão Augusto Nicodemos não mostrou bases que levariam a Igreja a fazer isso, apenas fez um discurso infundado do ponto de vista bíblico.

        • A questão é que, primeiro, desigrejados pensam que podem ser “igreja” sozinhos, o que é antibíblico, e segundo, que eles normalmente possuem dificuldades com submissão pastoral e disciplina eclesiástica, ou seja não querem ser cuidados, o que também é antibíblico.
          Fora o fato que, com exceção daqueles que saíram da igreja por conta de algum trauma, o que entendo (embora não justifique), muitos simplesmente, por questões SECUNDÁRIAS, rompem com a igreja estruturada achando que estando em casa com mais meia dúzia estão sendo diferentes. No fim das contas é o mesmo que dar um giro de 360°. Engana-se aquele que acha que só porque não se reúne em um edifício e não tem algumas burocracias é menos denominacional.
          Há denominações boas e ruins, e perfeita nenhuma é, nem mesmo a igreja que se reúne em casa com aquela mesma meia dúzia de “desigrejados”. O que essas pessoas precisam é de cuidado pastoral e isso não falta por aí.
          No fim das contas não existe desculpa para ser um desigrejado e foi nesses termos que o Nicodemus colocou a fala dele.

          • Morais C

            Maurício Machado, agradeço pela tua colocação.

            Prefiro crer que estejas falando de uma realidade específica( algo constatado por ti), eu poderia afirmar por outro lado quanto ao teu primeiro ponto, as pessoas adenominacional ou seja, as que se reunem como igreja não existe essa individualidade, por outra pensar que é igreja pelo facto de ser um pequeno aglomerado de pessoas não é antibíblico.

            Por outra, as Igrejas locais normalmente estão constituída pelo corpo do presbitério/bispo( essa era a recomendação de Paulo para cada Igreja que abria numa determinada região, actos 20,28), o que por sua vez não deixam de ser irmãos, logo, submissão é uma condição bilateral, isto é, todos nós devemos nos submeter uns aos outros, e isso remete-nos a Filipenses 2:3 onde diz que devemos nos considerar superiores uns aos outros, nas denominações pelos menos as que eu conheço em Angola submissão somente é devido aqueles que estão em posição de alta eminência e, isto sim é que é antibíblico, para não falar das muitas restrições que lá existem, tipo para pregar é preciso ser alguém já conhecido entre a elite.

            Disciplina eclesiástica? Sim as igrejas locais que eu conheço se submetem a isso, e o texto de base é 1 Corintios 5, diferente daquele que por alguma falta precisa de encaminhamento/acompanhamento(Galatas 6,1-2)

            O que queres dizer com cuidado pastoral? Na tua óptica quem se reúne como igreja não tem cuidado pastoral? Não creio nessa tua colocação. Quanto aos que se reunem de maneira adenominacional, aqui em Angola são chamados “os sem tetos”, esse termo desigrejado soa a alguém que não é membro do corpo de Cristo ou deixaram ser igreja pelo facto de saírem de suas antigas denominações, o que não tem sustento Bíblico.

            O modelo do pastorado deveria ser a semelhança de Cristo, mas não é o que se vê em muitas denominações, eles deveriam servir ( não se limita ao acto de pregar a palavra em púlpitos), e não mandar, mandar, mandar,é servindo que eles estariam exercendo na íntegra sua posição de pastoreio.

            Eu não vejo liderança( quem lê entenda) na igreja como sendo algo Bíblico e, é isso que muitas denominações procuram impôr aos seus súbditos de maneira silenciosa e, por outra, ela detestam a ideia de alguém que não tenha feito curso de teologia algum, mas se sobressai em termos escriturístico. Essas são algumas das muitas razões para se apartar de algumas denominações, para não falar das próprias doutrinas internas.

            Quanto à questão de nome, nós não vemos nenhuma recomendação Biblica para o fazer.

            Obs.: As denominações religiosas têm dono, mas a Igreja é do Senhor Jesus.

          • A questão é que tanto faz quem se reúne em casa com poucas pessoas ou em grandes edifícios com dezenas ou centenas de pessoas. Eu posso concordar com a fala de que grandes denominações venham a ser burocráticas demais e acabarem sendo mais envolvidas com questões periféricas, mas a Bíblia simplesmente não proíbe da placa de igreja, pois é uma questão posterior a igreja primitiva, que sequer passou como um problema na cabeça dos apóstolos. Denominações são apenas reflexo da multiculturalidade das eras e dos povos diversos. Nenhuma denominação genuinamente cristã irá negar que outra pessoa de outra denominação é também seu irmão em Cristo.

            O ponto chave da questão dos desigrejados, então, repetindo, não é onde e como se reúnem, nem que tipo de estrutura que preferem adotar (pois inevitavelmente terão que adotar uma), mas sim que, NORMALMENTE, os desigrejados são definidos justamente pela sua incapacidade de viver em comunhão e que, superficialmente, colocam a culpa nas denominações por si só.
            Então eu nem usaria o termo desigrejado para definir algumas pessoas que preferiam adotar uma estrutura mínima, se reunindo em casas e tudo mais. Não tenho problema com isso.
            O desigrejado vai além disso, rompendo com a comunhão, com a submissão mútua, com as reuniões de adoração públicas, etc, porque em algum momento sofreu um trauma e/ou se desiludiu e, por sua vez, decidiu por não ser tratado dentro da comunhão dos irmãos.

          • Morais C

            Paz e graça novamente Irmão Maurício Machado,

            Eu acho que estamos falando de realidades diferentes( Brasil v Angola), em Angola os que vc’s chamam de desigrejado( que a meu ver é um erro chamá-lo assim) é que sofrem por isso pelos das denominações(se calhar porque os seus líderes os incutem assim). Os desigrejados em Angola é que procuram ter Paz com todos, querendo estabelecer comunhão com os denominaçionais(pois percebemos pelas escrituras que eles são membros do corpo de Cristo), porém os seus líderes proibem os tais.

            “A Bilbia não proíbe a placa de Igreja (entendo que se refira a um local onde a Igreja se reúne)”: Essa não é a questão, a questão é quando vc atribui nome ao Corpo do Senhor (Nós não temos tal direito, nem os Apóstolos tiveram a ousadia de fazer isso) coisa que é antibíblica, pois isso desencadearia muitas outras coisas tais como as que eu já referencia em outros comentários, tipo a doutrina interna da denominação, ter um dono(nesse caso fundadores) sobre os quais devemos prestar contas( isso não é Bíblico), às questões burocráticas, etc.

            Volto a repetir, estamos falando de realidades diferentes, mas vejo que estás a generalizar, EM ANGOLA SE há Coisa que os adenominaçionais procuram fazer é estabelecer um vínculo de comunhão com os denominacionais.

            Ceia, Comunhão, disciplina, pregação Biblica, discipulado, engajamentos em actividades conjunta, Todas essas coisas acontecem com aqueles que vc chamam de desigrejados e, não precisa ser necessariamente denominacional, basta apenas ter a Bíblia como autoridade final do modo como devemos nos guiar.

            Ter bebês não é indício/motivo para criar departamento infantil algum, é responsabilidade dos pais educar seus filhos nos caminhos do Senhor Jesus.

      • Morais C

        Por outra, quem disse que pelo facto de se reunir de forma adenominacional haveria dificuldade de discipulado, ou de instrução de seus filhos? Essa colocação do Irmão Augusto Nicodemos me soou incoerente a luz das escrituras.

  • César Aguiar

    Esse foi o início da minha vida btcastiana!! O primeiro que ouvi e foi paixão a primeira ouvida! De lá pra cá, muita coisa mudou na minha vida espiritual/ministerial/eclesiástica.
    Que Deus continue abençoando esse ministério!