Independência e Morte!

*

No dia 7 de setembro simbolicamente comemora-se a independência do Brasil, quando D. Pedro bradou: “Independência ou morte”, a partir de então, nosso País começa a ter autonomia política em relação ao Reino de Portugal.
Pensando sobre essa data comemorativa, fui parar naquele jardim, O Jardim no Éden. Foi lá que aconteceu o maior evento emancipatório da história da humanidade, quando Adão e Eva gritaram as margens do “rio Eufrates”: Independência e Morte.
Segundo o texto de Gn. 3.3 o casal estava ciente de seu futuro caso comecem o fruto, afinal Deus disse: “Não comam do fruto da árvore que está no meio do jardim, nem toquem nele; do contrário vocês morrerão”.
Adão e Eva escolheram caminhar sozinhos, terem conhecimento do bem e do mal. O autor bíblico utiliza a figura de uma árvore, visto essa figura simbolizar o conhecimento humano no Antigo Oriente. Tudo então fica claro: o autor quer nos dizer que um dia a humanidade decidiu caminhar sozinha, independente, seguindo sua própria sabedoria, seu próprio conhecimento. O autor ainda faz questão de utilizar o termo hebraico Adam (que significa humanidade) tanto para o relato da criação como para o da queda, em outro texto expliquei o porque disso:
A origem do pecado está na humanidade, está em Adão (Rm 5.12). Adão e Eva são personagens coletivos, representam a humanidade em geral. Paulo diz: em Adão todos pecaram (1Co 15.22). Adão é personalidade corporativa! Não há como atribuir culpa somente a um ancestral, utilizando-o como “bode expiatório”. A queda repete-se em cada pessoa, pois todos pecam. Ninguém está em condições de começar da estaca zero, pois a humanidade traz consigo a marca do pecado.[1]
Emancipar-se de Deus foi a maior estupidez da humanidade. Nosso rastro histórico tem provado que nossa independência de Deus, que é sinônimo de dependência do pecado, só nos conduz ao caos e ao abismo. O ser humano autônomo é desorientado, pois, foi programado para Deus.[2]
“Fizeste-nos para Ti, e inquieto está o nosso coração, enquanto não repousa em Ti”
Agostinho em suas Confissões.

[1] http://ocioteologico.blogspot.com/2008/08/origem-do-mal-rascunho-de-um-pensamento.html
[2] Idem.
* A imagem é parte da obra do artista Masaccio, retirada do site Artetropia.

Categorias: Reflexões,Textos

Tags: ,,

  • BiboTalk

    Valeu Giu, teus comentários sempre somam aqui no blog!

    abraço
    bibo

  • Guilherme Eger

    Bibo!! tudo bem ? É o Guilherme da JEAP, lembra ? q teve akele retiro bom pra caramba no final de julho ali no ararat??? Eu sou aquele que tava no datashow !! Seguinte… tenho acompanhado algumas das suas publicações e queria saber se eu poderia usar o texto de hoje no nosso blog?! jeap-fiqueligado.blogspot.com e gostei bastante daquele "é a vontade de Deus?" posso usar ele também futuramente ?? abração! que DEUS continue te usando e te abençoando!!

  • BiboTalk

    Fala mano, pode usar sim, qual quiser, só peço que cite a fonte e o link aqui para o blog na assinatura.

    Forte abraço!