Gabi de frente com o Malafaia

Escovei os dentes, me aprontei para ir dormir e liguei o notebook, são duas e meia da manhã e estou aqui escrevendo esse texto. Por quê? Porque estou até agora pensando na entrevista do Malafaia no programa De Frente com Gabi. Não exatamente na entrevista, mas na pergunta que postei no Facebook e me gerou algumas dores de cabeça e me levou a pensar algumas coisas, todas muito óbvias, mas como não posso pagar um psicólogo, deixe-me escrever aqui.

Simplesmente perguntei na rede social: “Silas Malafaia na Gabi, representante dos evangélicos ou vergonha do evangelho?” Foi uma pergunta, não um ataque pessoal. Mas a sua pergunta é tendenciosa, disseram alguns. Depende. Claro que eu tenho a minha resposta, mas eu fiz uma pergunta. A minha resposta não importava no post, e sim dos meus seguidores na rede, temos certa liberdade de expressão, certo? Não respondi porque não queria influenciar ninguém, mas gerar uma reflexão. O que me deixa meio assim, é que as pessoas se ofendem por serem questionadas. Quem tem medo de ser questionado não tem certeza daquilo que acredita.

Foi bacana ver as pessoas dando seu ponto de vista, uns dizendo que ele é um exemplo, homem de Deus, outros um fanfarrão, outros as duas coisas ao mesmo tempo (?). Porém, alguns me atacavam: a vá orar pelo cara, povo desunido heim; nunca vi católico falando mal de padre, e por aí vai, ah, teve um que disse que minha publicação não era cristã.

Que isso? Não posso questionar uma figura pública? Claro que posso. Falto com respeito fazendo isso? Depende de como faço, obviamente. Sinceramente, não vi falta de educação na minha pergunta.

Gente, não concordo com a maioria das coisas que o Silas fala/escreve, já deixei claro isso aqui no blog, mas isso não quer dizer que sou contra o reino de Deus. Marcos Botelho expressou muito bem isso:

Não é porque eu sou contra a opinião, postura e até mesmo o cardo da Dilma (ou FHC), que sou contra o Brasil ou estou lutando contra o Brasil.
Não é porque eu sou contra a opinião, postura e até mesmo o cardo de um evangélico que está na TV, que sou contra o evangelho ou estou lutando contra o Reino de Deus.
Pra mim parece simples.

Pra mim também. Simplesmente examino algumas coisas que o Silas fala e não concordo! Atos 17.11 diz: “Os bereanos eram mais nobres do que os tessalonicenses, pois receberam a mensagem com grande interesse, examinando todos os dias as Escrituras, para ver se tudo era assim mesmo“.

Alguns dizem: Ah, você critica os defeitos do Malafaia mas não se dá conta de que também é pecador. Claro que me dou conta dos meus pecados. Contudo, não fico em rede nacional dizendo que a minha opinião é o que a bíblia diz. Esse é um dos grandes erros dele. Coloca a sua interpretação das escrituras como palavra de Deus. Malafaia é como qualquer ser humano, tem virtudes e defeitos, seu problema é não enxergar que aquilo que pensa ser virtude, é defeito a ser confessado e abandonado.

Teve coisas boas na entrevista, como bem apontou Renato Vargens: “Ao tratar de assuntos relacionados a sexualidade Silas demonstrou  firmeza  e coerência bíblica. […]Silas também defendeu o casamento, combateu o divórcio e acentuou o valor da família, todavia, na minha opinião ele perdeu uma grande oportunidade para anunciar Cristo de uma forma mais tangível aos milhares de telespectadores espalhados por esse Brasil.”[1]

Silas pensa ser o representante dos evangélicos no Brasil. Eu penso que não, não representa o cristianismo que sigo. Penso que a Igreja do Senhor Jesus não precisa desse tipo de representante. E respondendo a minha própria pergunta. Pra mim ele envergonhou. Mas Bibo, ele disse umas coisas boas. Sim, mas a essência do evangelho não esteve presente na entrevista, e isso me envergonha. Silas pregou a verdade, mas a sua verdade… (Jardel Néspolo) Não sou contra a pessoa do Silas Malafaia, sou contra o seu discurso! Assim como ele ama os homossexuais, eu o amo!

Enfim, quem acha que criticar é perda de tempo, coisa do peludo, precisa rever o ministério profético, o ministério de Jesus e dos apóstolos e de tanta gente boa ao longo da história da igreja. Como disse Maurício Zágari: “se criticar fosse um grande mal, o próprio Deus Pai, Jesus, os apóstolos, a Igreja primitiva, os reformadores e outros cristãos sérios seriam, imagine você, seres malignos. O que simplesmente não é verdade.”[2]

Com a crítica somos aperfeiçoados e aperfeiçoamos!

E por favor, antes que você venha me citar fora de contexto Mt 7 “Não julguem, para que vocês não sejam julgados.” Ouçam esse #BTCast. E Veja esse vídeo do Yago Martins

Muito obrigado por ler meu desabafo… sigamos em frente!


[1] http://renatovargens.blogspot.com.br/2013/02/o-que-eu-achei-da-entrevista-do-silas.html

[2] http://apenas1.wordpress.com/2011/12/26/cristaos-criticos-que-criticam-cristaos-criticos-festival-promessas/

Categorias: Reflexões,Textos

Tags: ,,,,

  • Matheus Mojon

    Muito bom o texto. Por muitos anos admirei o Silas, porém, tenho visto que ele se desviou totalmente do evangelho. Tanto com sua postura comprando brigas com homossexuais, tanto com ele se envolvendo com política nessas últimas eleições, tanto com ele pregando a teologia da prosperidade… enfim… é um homem muito inteligente que tinha tudo pra continuar um ministério abençoado que ele começou a muitos anos atrás, mas acho que a ganância está fazendo com que ele se desvie.
    Vamos orar pelo Pr. Silas.

    • Clarice Decker

      olá Rodrigo. Concordo com voce. As pessoas tem medo de questionar e tem medo de dar a sua opinião e tem dificuldade de ouvir a opinião do outro, mas com o tempo as pessoas vão percebendo que elas precisam de posicionar e isso só vai acontecer por causa de pessoas como voce que expõe suas idéias, sem faltar com o respeito.

  • Saverio Bruno

    Bom, em primeiro lugar a palavra diz: “não toqueis nos meus ungidos”, “coas um mosquito e engoles um camelo” acho que vc está julgando o Silas e certamente será julgado pois é isso que diz o contexto de mateus 7 KKKKKKKKKKKKKKKK Fala séèèrio!!!!!!!mais um pouquinho de kkkkkkkkkkkkkk.
    Meu pastor fala sempre TEXTO SEM CONTEXTO É PRETEXTO PRA HERESIA kkkkkkkkk Caro amigo bibo fico muito feliz por vc ter coragem de falar e pregar contra esse tipo de atitude de auto promoção. Silas pra mim é um homem de Deus muito usado mas pisa no tomate direto. por que não aproveitar o momento que está em rede nacional e pregar o evangelho? Simples! Eles queriam o Silas e não o seu conteudo teológico sobre soteriologia, eles queriam o Silas polêmico, para com isso alcançar pontos no ibope. o que realmente assistimos em nossas casas foi uma luta de mma forjada. resultado final desse combate? Silas sai de cena como religioso intolerante que persegue o homosexual e o compara a crimenosos assassinos, e ela como a jornalista que defende os oprimidos, maltratratados que sofrem por causa das incompreeção religiosa. a verdedeira madre Tereza.
    Silas ao inves de pregar o evangelho de salvação acabou sendo mais uma vez envolvido nessa trama diabolica que tem a intenção de denegrir a imagem e a palavra de Deus. Lamentavel.

  • Viviane Campelo Correia Feltz

    Bibo, compreendo suas colocações,independente do que penso sobre elas, parabéns pela sua expontaniedade e inteligência. Você tem mente privilegiada, livre, e isso sempre vai provocar sensações até de encomodo em quem lê ou ouve o que vc diz. Mas… a vida segue. Deus continue te abençoando. Admiro você.

  • Laís Ambrósio

    Excelente reflexão, Bibo.

  • Tobias

    É bem isso que ele quer, gerar polêmica e holofotes. Também me deixa inconformado tal forma de expor e entender o Evangelho…

  • Kico Brueckheimer

    Concordo e assino embaixo. E o povo brasileiro, e principalmente os evangélicos, precisam aprender o que é discutir civilizadamente, e saber a diferença entre criticar uma opinião e criticar uma pessoa. Ainda assim, realmente fizeste apenas uma pergunta. Abraço

  • Fala bibo tudo ok? Sim eu disse que sua pergunta era tendenciosa e ainda acho! Porém o disse pensando na consciência daqueles que ainda não abriram seus olhos! daqueles que sem maldade no coração defendem Lobos pensando que são ovelhas! E como citei TBM nos comentários, pra mim você e alguns outros homens como Paul Washer, john Piper, Hernandes Dias lopes, Cooperador Jhone, Paulo junior ( que tbm falou sobre esses pastores “Televisivos” ) Seriam o tipo de homens que iriam virar churrasco na inquisição ( o que deve ser motivo de alegria para vocês ) Concordo contigo sobre o Pastor Malafaia que infelizmente voltou atras naquilo que acreditava ( prosperidade) porém o que disse sobre a “tendencia” da sua pergunta disse em amor aos que por falta de conhecimento defendem homens assim, pois eles ficariam chocados e não iriam procurar sabermos motivos de sua pergunta! Por um lado te entendo pois tem horas que não acreditamos como o povo pode acreditar em certa papagaiadas!
    Não fique chateado com meu comentário creio que se analisar pode ser pro seu crescimento! E o disse com toda humildade e amor , Bibo CONTINUE defendendo o Evangelho, de modo ríspido ou brando continue erguendo a bandeira do evangelho e mostrando que o “outro evangelho” é Anátema
    Abraços!

    • gledson

      Felipe bom dia!!!

      Os seus comentários, são do tipo de uma pessoa que ler muito, e não reflete sobre o que ler…o crente que não for digno de inquisição, ou que não esta disposto a virar churrasco, precisa rever seriamente o seu cristiamismo.poris é para isso que somos chamados “padecer pelo evangelho”.
      um forte abraço!!!

  • Bibo,

    Penso que nos tornamos tão críticos as vezes que atropelamos algo que não saiu como esperávamos.
    Respeito sua opinião.
    A critica leva a reflexão.
    Em minha opinião vejo claramente uma mudança de foco de nosso irmão Silas.
    Não entenda como uma critica o que vou dizer. Quando você se da o trabalho de postar um assunto como esse no bibotalk.com, você é quem acaba perdendo o foco “teologia é nosso esporte”. Bibo vocês tem um trabalho lindo. Já ouvi praticamente todos os seus podcast e conheço o seu site a menos de um mês. Penso que os debates teológicas, e os temas abordado acerca do assunto são muito bons, e vejo que esse é o foco. Há comentários que infelizmente temos que guardar para nós.
    ** O Silas não vai mudar. Que mudemos nós. **

  • Tenho conhecido alguns servos que estão realmente desejosos de servir a Deus e ao Seu Reino. Imagino que Deus esteja me abençoando ao me proporcionar o encontro com aqueles que não dobram os joelhos diante de baal.
    Tenho escrito algumas coisas e sentido na pele (e na mente também) as reações daqueles que preferem impor as suas convicções, as quais consideram Bíblicas, apesar de não as terem confrontadas com a Palavra de Deus.
    Diante das respostas às perguntas simples que tenho feito aos que se dizem cristãos, concluo que é urgente que haja um movimento para que o ensino da Sã Doutrina aconteça nas igrejas.
    A Bíblia nos diz que o povo de Deus perece por falta de entendimento.
    Talvez no afã de conseguir muitos membros a liderança das igrejas estejam abandonando o ensino das Sãs Doutrinas, deixando os novos membros sem as informações Bíblicas que precisam para responder sobre a razão da sua fé.
    Diante disso temos uma multidão sem parâmetros Bíblicos, aceitando quase tudo que se apresenta como se Bíblico fosse.
    Além de serem muito rasos no conhecimento Bíblico, muitos afirmam convicções pessoais por causa de um texto, considerando que haja nEle uma base para confirmar a sua convicção. O “não julgueis” é um exemplo.
    Sugiro que façam uma simples pergunta e confiram as respostas para que percebam a distância que tantos estão da Palavra de Deus. Perguntem na igreja onde são membros se todas as pessoas são filhos de Deus. Peçam uma base Bíblica para a resposta. Imagino que, da mesma maneira que fiquei, vocês ficarão pasmos com as repostas.
    E, por simples que pareça essa pergunta, deixo claro que para mim se alguém não consegue identificar o seu irmão é porque não conhece o Pai.
    Daí, por causa da falta de conhecimento Bíblico, o engano tem provocado tanto mal no seio da igreja.
    Deus nos abençoe e use!
    Henri.

  • Pessoal,

    Um excelente vídeo imparcial feito por uma jornalista: http://www.youtube.com/watch?v=nNbVzQ29anU

    Vale a pena

  • Juliana

    Querido irmão Bibo.Assino em baixo em tudo o que vc escreveu!
    O “tema Silas Malashopping” foi discutido semana passada no seminário.E todos os colegas e professores que tinham assistido ao programa diziam em alto e bom som: foi uma vergonha para o Reino de Deus.Nunca concordei com o jeito do Silas,mas vá lá ele tinha uma “certa” coerência.Mas de uns tempos pra cá,só tem causado polêmicas atrás de outra e envergonhado o nome de Cristo.Por favor,vamos parar de endeusar o homem e conferir tudo na Palavra de Deus.Estou dizendo isso,porque eu vi o programa e me indgnei com as colocações “cristãs” de Silas,sendo que:1°não tinha uma bilbia consigo,2°foi grosseiro e arrogante e 3°não deu uma explicação coerente provando na Palavra mas como ele mesmo disse ” a minha base de crenças,o minha opinião, e por aí vai! Ora, se eu sou cristã,minha base de crenças, e minhas opiniões devem ser provadas na biblia,não no que eu penso ou acho!Tá dado o meu recado.Me perdoem os “fãs” do Malafaia,mas analisem com cuidado antes de nos cruxificarem.Fiquem com Deus.

  • Luciano Guimaraes

    Olha uma outra analise inteligente também http://youtu.be/nNbVzQ29anU

  • Só uma coisa Bibo, não houve entrevista, e sim um debate causado pela própria Gabi.

    A pergunta então seria se nós anunciaríamos Jesus nas circunstancias a que ele estava?

    Penso que não, debateríamos como ele, e nem nos lembraríamos de tal urgência e necessidade.

    Muitos de nós (não estou falando necessariamente você)que dizemos, perdeu uma boa oportunidade de anunciar Jesus, babaria mais do que ele para defender aquilo que se encontra sobre ameaça.

    Eu acho que nós discordamos mesmo é do temperamento dele, ele não consegue se brando nas palavras. Ai fico a me imaginar, se fosse um João Batista ali? Com todo aquele temperamento dele.

    Discordo da teologia das sementes, mas não sei até onde discordo da forma que ele se expressa para se defender ou expor.

    Jean Patrik

  • Lucas Adriel Figueiredo

    Concordo plenamente com o texto. Fui muito criticado entra meus amigos quando disse que o Silas não é nosso representante e que sua entrevista não trouxe mudança de caráter na vida de ninguém, apenas incendiou ainda mais a revolta pelas redes sociais. O Silas está cada vez mais se achando e soberbo, se ele fosse biblicamente correto não discutiria pois a biblia diz no livro de Provérbios que a palavra branda amansa o furor, mas o que vi nele foi causar mais furor com seu próprio furor. Não gosto da figura dele como sendo o representante dos evangélicos no Brasil.

  • Anna

    Amigo disse tudo: Quem tem medo de ser questionado não tem certeza daquilo que acredita.
    Siga em frente!!!

  • Ronilson

    so acho o seguinte, na bíblia esta escrito em 1 samuel 24:4-6, que davi ficou com o coração doendo por ter cortado a orla do manto de saul,e davi disse: o Senhor me guarde de que eu faça tal coisa ao meu senhor, ao ungido do Senhor, estendendo eu a minha mão contra ele ,pois é o ungido do Senhor.
    aqui saul nao tinha mais o espirito do Senhor não tinha mais a unçao de rei, já tinha tentado matar davi mais de 4 vezes e quando davi teve oportunidade de matar saul ele não o fez pois ele sabia que ali tinha um investimento do Senhor, ali tinha um homem que um dia o Senhor o chamou e o consagrou rei, e ele disse é um ungido do Senhor….
    mesmo todos esses pastores, evangelistas, obreiros e outros hoje em dia fazendo o que estão fazendo com o evangelho de Cristo, mudando muitas coisas, ganhando dinheiro e etc.. eles são ungidos do Senhor ou alguns são mais quem sou eu pra julgar, eu não sou ninguem, eu sou apenas um cristao que acredita que o evangelho verdadeiro é JESUS e nós devemos nos preocupar com nós mesmo é biblico …. olhai por vós…… examine-se o homem a si mesmo…….. e cada um dará conta de si mesmo a Deus….. e que todas essas pessoas que estão mudando ou pregando o evangelho distorcido eles vão se acertar com Deus e Ele vai pedir conta de todos eles e de mim e de voce….. por isso aproveite a internet para divulgar o evangelho de Cristo como unico Senhor e Salvador de nossas vidas….e uma pergunta: Se você morresse hoje teria a certeza de que iria para o céu? E se voce tivesse diante de Deus nesse momento e Ele lhe perguntasse: Por que deveria deixar voce entrar no meu céu ? o que voce acha que responderia??? Jesus te abençoe e um abraço….

    • Alex

      Ronilson,

      Concordo contigo sobre a importancia de usar a net pra falar de Cristo.
      Porém, o ministério do ensino na Igreja inclui SIM o chamar a atenção de quem está no erro. Julgar seria eu me colocar no lugar de Deus e dizer quem é salvo e quem não é. Agora, distinguir o certo do errado com base na Palavra é tarefa do teólogo e de todo cristão. Aliás, João nos ensina na segunda epistola que precisamos saber distinguir a verdadeira da falsa pregação. Paulo criticou duramente Pedro por sua incoerencia entre pregação e testemunho.
      Ainda outra questão, o Novo Testamento desconhece a unção de presbiteros, diáconos e episcopos. Unção só de enfermos para cura, ou para o recebimento do dom do Espírito Santo. Logo você meu amado, conquanto crente em Cristo é tão ungindo quanto qualquer pastor que está por aí sendo benção (ou não). Ministério é função, não status. Unção é sinal de submissão ao Espírito Santo. O texto que vc citou só tem validade dogmática para a monarquia teocentrica israelita, o último ungido de Deus como Saul o foi (REI), é Cristo, O Messias (em hebraico significa o ungido).
      Se você crê que algum pastor é ungido de Deus, então estão deve ser um Rei, o que acho ser contradição em termos. Se você crê que ele é um levita, então saiba que Cristo foi o último sumo-sacerdote e que o ministério levita chegou ao seu final com Cristo. Logo a teologia do pastor ungido é completamente sem fundamento bíblico.
      Abraços
      Alex.

  • Carlos Henrique

    Devemos tomar cuidado para que a vontade de mostrar que estamos corretos não seja maior do que vontade de trazer unidade para a igreja.

    Pra mim não importa se o nosso propósito é nobre ou “bíblico”. Se estamos pecando contra alguém ou machucando ou ferindo, independente do propósito do meu coração ser nobre, tenho dever de pedir perdão e mudar minha postura para que isso não ocorra novamente.

    Meu pastor me ensinou: “Se você ofende alguém no particular, então, no particular você vá atraz do perdão deste alguém. Se você ofende em público então vá e publique seu arrependimento a todos que estavam presente”.

    Saulo teve que voltar atraz em tudo o que faz contra o evangelho. Jesus disse pra ele:
    “Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.”
    Atos 9:5

  • Dia 01/08 ele atacará de novo, mas agora na Globo (programa “Na Moral”).

    A pergunta volta: Teremos um representante da Igreja, ou a vergonha da Igreja novamente?

  • Juliana

    Concordo plenamente!