Diálogo pastoral #1

– Alô!

– Oi! É da Igreja?

– Sim, é sim. Como posso ajudá-la?

– Eu ouvi o programa de vocês na rádio, gostaria de falar com o pastor que faz esse programa.

– Sou eu mesmo. Como posso ajudá-la?

– Bom, na verdade, queria saber se o senhor poderia ungir minha casa.

– E porque você quer que eu faça isto?

– Minha vizinha me disse que eu devia ungir a minha casa. Sabe como é, ela é evangélica e me disse que se agente chamar um pastor pra ungir, isso ajuda bastante. Agente tem muito problema aqui em casa. Eu costuro em casa pra uma empresa, minhas duas filhas me ajudam. Mas aqui em casa é uma loucura…. uma história complicada, sabe pastor?


– Posso imaginar. Sobre ungir a casa, acho melhor conversarmos com calma sobre isto. Posso ir aí lhe visitar?

– Sim, séria ótimo. Estou em casa agora.

– Ok, num instante estarei aí.

Cheguei na casa da Sra. Marta. Com ela morava sua mãe Rosina, e suas duas filhas adolescentes, uma delas grávida. O marido, como tantos que vemos nestas situações, está muito ocupado com seu jogo de sinuca, ao som de uma música populacho no rádio velho do botequim da esquina. A conversa se desenrola na varanda da casa…

– Oi pastor, seja bem-vindo, a casa é simples, não repara a bagunça. Aqui é trabalho dia e noite na costura.

– Pode me chamar de Clive.

– Eu sou a Marta. Essa daqui é minha mãe, dona Rosina. Ela é evangélica também, foi batizada e fez comunhão numa igreja tradicional, tem até um hinário e uma Biblia aqui em casa.

– Que bom que o Senhor veio, Senhor Pastor! Eu sempre digo pra eles que eles devem ir na Igreja, mas ninguém me ouve. Quem dá ouvidos a uma “velha” como eu?

– Pois deviam, não?! É fundamental ir na Igreja, mas o mais importante é entender o que é ensinado e praticar.

– Ah com certeza pastor. Agente precisa sempre da bênção, porque a coisa não é fácil. Meu marido não tem trabalho, vive de bicos. Nós costuramos pra fora, é trabalho o dia a todo na maquina pra fazer um dinheirinho. Mas a meninas querem se divertir e sair, e olha aí, não se cuidam, e agora a mais velha já tá esperando bebe. Pior que o namoradinho também é moleque desocupado.

– Vejo que temos muito para conversar…

– Não se incomode Pastor, agente só queria mesmo uma unção, o senhor pode fazer?

– Pois bem, receber a bênção de Deus é algo bem sério. Acredito que vai muito mais além de uma simples unção de objetos da casa. Penso que seria melhor começarmos estudando a Bíblia juntos, aqui com todos da família. O que acha?

– Ah é uma correria aqui em casa Pastor, acho que não vai dar tempo pra isso. Mas agente vai num culto qualquer hora dessas.

– Vocês serão muito bem vindos. Mas lembrem-se que a bênção mais importante de Deus é aquela que Cristo quer lhes dar. O perdão dos pecados e uma vida nova.

– Que bom Pastor! O Senhor podia fazer uma oração por nós? Sempre ajuda, né?

– Sim, vamos orar….

Nem todos buscam a Deus por aquilo que ele se dispõe a dar, é mais fácil clamar a Deus para resolver o que eu não tive coragem de fazer. Deus funciona como o amuleto, a entidade, ou a energia que pode me conceder aquilo que necessito para o agora. Uma relação comercial com Deus é o que muitos querem, mesmo que isto não seja exatamente o que Deus esteja ofertando.

Categorias: BTContos,Textos

Tags: ,,,,,,,,

  • Kenny

    Realmente te faz pensar em se dedicar a Deus e fazer por onde, não há vitoria sem luta !

    • Alex

      mesmo entre os adeptos do livre arbítrio para a salvação impera um pensamento determinista quanto as coisas do dia-a-dia. Se espera que para o crente, tudo caia pronto e determinado do céu, sem esforço ou dificuldade, basta tomar parte da espiritualidade pré-determinada pela igreja que tudo acontecerá. #fail

  • Gleidistone Antônio

    Infelizmente esse é o Deus que tem sido apresentado em nossos púlpitos e nas timelines dos crentes.

    • Alex

      esse ídolo (deus/divindade qqer coisa) assombra mais os pastores do que muito satanás com chifre falando grosso. Arrisco dizer q o ídolo da teologia da prosperidade é um diabo (diabalos em grego = aquele que desvia/divide).

  • Thiago

    Obrigado Senhor porque ainda temos pessoas dispostas a falar do verdadeiro evangelho como os nossos irmãos do bibotalk.

  • Claudio Marcio de Souza (Maclaud)

    Infelizmente é esse o tipo de benção e unção que está sendo oferecida hoje nos púlpitos: deixe de sofrer, melhore de vida, seja vencedor. O povo quer as benção de Cristo, mas não deseja se relacionar com Cristo, nem de andar conforme Ele deseja que andemos. Essa historinha da dona Marta é uma cópia exata de muitas outras donas Martas pelo Brasil afora, que carecem mais de elucidação do que de unção.

    • Alex

      é tenso mesmo mano. Esse é um dos inúmeros evangelhos falsos sendo pregados por aí…