Davi teve uma relação homossexual

Davi teve um romance homossexual, é o que dizem alguns historiadores e teólogos…

Não é de hoje que ativistas da causa homossexual fazem esta afirmação: Davi e Jônatas tiveram um relacionamento gay. Antes de qualquer coisa, quero deixar claro que respeito os homossexuais, não os respeito por que são isso ou aquilo, mas porque são seres humanos criados a imagem e semelhança de Deus. Eles possuem o meu respeito como qualquer outra pessoa.

Contudo, como não concordo com os desvios bíblicos dos pregadores da teologia da prosperidade, não concordo com a teologia gay, quando ela tenta procurar apoio bíblico para legitimar suas práticas, dizendo que a bíblia menciona casais gays, como Davi e Jônatas, Noemi e Rute, Jesus e o apóstolo João, Paulo e Timóteo. Ressalto, que não é todo o movimento que se apoia nesse fundamento, mas volta e meia, aparece um ativista com essas ideias.

Recentemente a revista Super Interessante*, em sua matéria de capa, tratou de questões do universo bíblico, como era a educação, a economia, etc. E numa dessas abordagens, trouxe a questão da homossexualidade, afirmando que Davi e Jônatas tiveram uma relação homoafetiva[1].  O artigo da revista se apoia em dois textos bíblicos:

E sucedeu que, acabando ele de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a alma de Davi; e Jônatas o amou, como à sua própria alma. ” 1 Samuel 18.1 – ARC

E, indo-se o moço, levantou-se Davi do lado do sul, e lançou-se sobre o seu rosto em terra, e inclinou-se três vezes; e beijaram-se um ao outro, e choraram juntos, mas Davi chorou muito mais.” 1 Samuel 20.41 – ARC

Até achei estranho a revista esquecer 2 Samuel 1.26 “Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; quão amabilíssimo me eras! Mais maravilhoso me era o teu amor do que o amor das mulheres.

Enxergar uma relação homossexual nesses textos é no mínimo já ir lê-los com esses pressupostos, daí não dá. Sem contar que ignora todo o contexto, que nos deixa claro os laços de amizade entre os dois. Será que dois homens não podem ter uma amizade forte e sincera sem que ela seja gay?

A NVI e a Bíblia de Jerusalém (BJ) resgatam melhor o sentido do texto hebraico nesses versículos, vamos conferir:

Depois dessa conversa de Davi com Saul, surgiu tão grande amizade entre Jônatas e Davi que Jônatas tornou-se o seu melhor amigo” 1Sm 18.1 – NVI ou “a alma de Jônatas se apegou a de Davi” – BJ

Depois que o menino foi embora, Davi saiu do lado sul da pedra e inclinou-se três vezes perante Jônatas, rosto em terra. Então despediram-se beijando um ao outro e chorando; Davi chorou ainda mais do que Jônatas.” 1Sm 20.41 – NVI

Como estou triste por você, Jônatas, meu irmão! Como eu lhe queria bem! Sua amizade era, para mim, mais preciosa (ou mais cara como sugere a BJ) que o amor das mulheres!” 2Sm 1.26

Nesses textos não encontramos conotações sexuais, só a expressão da forte aliança entre dois amigos. Não é difícil entender que Jônatas aceitou ser o segundo, abriu mão do trono. Compreendeu que o reinado de Israel foi dado a Davi pelo próprio Deus.

Sem contar que a bíblia deixa bem clara, que Davi gostava mesmo é de mulher, tanto que teve mais de uma. O amor de uma mulher poderia até ser importante para Davi, mas não lhe era caro, pois foi Jônatas o seu amparo em momentos melindrosos e limítrofes.

E para finalizar, a palavra hebraica para amor, possui um campo semântico amplo, então, é o contexto que dita o sentido dela. Ela pode significar amor paternal (Gn 25.28), amor a Deus (Dt 6.5), ao próximo (Lv.19.18), amor entre homem e mulher (Gn 29.20), atividade sexual (Os 3.1) e segundo exegetas, na história de Davi e Jônatas, o substantivo ahabãh significa amor entre amigos, pois é justamente isso que o contexto sugere.

Então, enxergar nesses versículos uma relação homossexual é “eisegese”, ou seja, forçar o texto a dizer aquilo que penso, e não aquilo que de fato é.
Reforço o que disse no começo, esse texto não é uma provocação aos ativistas gays, ou retaliação , é pura e simplesmente uma análise dos textos bíblicos na procura por melhor compreensão.

 


[1] O artigo sugere a relação homossexual entre Rute e Noemi. Isso é tão absurdo que não analisaremos.

*Super Interessante, edição 305 – Junho/2012

Categorias: Reflexões,Textos

Tags: ,,,,,,,