Fora do Éden 17 – Retrospectiva 2016

 
O ano está acabando – mas ainda temos programa! Dessa vez reunimos o máximo possível da equipe do Fora do Éden para nos sentarmos juntos e conversarmos: o que foi 2016? O que cada um traz como grandes acontecimentos do ano? Ficou uma conversa mais informal, mas com bastante opinião e análises. Sente com a gente e vamos relembrar esse ano.

Tópicos

  • Como podemos viver com tantas notícias ao nosso redor? Tantas informações vindo ao mesmo tempo – como lidar com isso? As notícias conseguem fazer alguma diferença, ou é só um intervalo entre uma rolada e outra no feed do facebook?
  • E o Malafaia? Ganhou as manchetes no final do ano, mas estava ganhando muito destaque no ano por sua posição anti-PT (mesmo que isso o levasse a apoiar o Eduardo Cunha, em alguns momentos?)
  • É claro que não podíamos deixar de falar no impeachment. Como vamos entender isso? Quando?
  • E a eleição de Trump? É simplesmente a vitória de uma população racista e machista, ou isso não é o suficiente para explicar o resultado?
  • Para parar um pouco nas notícias pesadas, Abner Melanias nos traz uma retrospectivas das séries e filmes de 2016 (nos decepcionamos demais com os filmes de super heróis? E qual a melhor série do ano?)
  • E para fechar, pensamos no fim: nas despedidas deste ano, nos desastres que nos atingiram. Qual vai ser o impacto para a Chapecoense? E as pessoas que morreram em 2016?

Participantes: Abner Melanias, Erlan Tostes, Marcelo Edreira, Pablo Diego, Rodrigo Bibo de Aquino, Rogério Moreira Jr. e William Erthal.

Comunidade no Telegram e grupo no Facebook do Fora do Éden

Categorias: Fora do Éden,Podcast

Tags: ,,,,,,,,,,,

  • Welber Martins

    Legal ouvi um programa desses ! Porque quando comecei a ouvir podcast, os podcasts já tinham perdido a mania de fazer uma retrospectiva.

    • Rogério Moreira Júnior

      Poisé cara, curtimos muito fazer esse programa também. Formato diferente, mas ficou maneiro.

      Abraços Welber!

  • É amigos… esse ano ainda não acabou de fazer seus estragos… Agora são cerca de 30 mortos em um barco naufragado, jogadores e torcedores de um time amador em Uganda.

    E eu não consigo evitar de pensar: será que uma virada de ano vai mudar as coisas?

    Triste.
    http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2016/12/naufragio-mata-atletas-e-torcedores-de-um-clube-de-futebol-na-uganda.html

    • Rogério Moreira Júnior

      Mano, não tinha visto essa não. Bah!

      Não, não sei se mudar alguma coisa o ano virar não – o universo não dá tanta bola para quantas vezes a terra dá volta em torno do sol.

      Abraços mano, valeu pelos comentários durante esse ano!

  • Rogério Moreira Júnior

    Tirou férias faz tempo!

    Bah, e eu não vi nenhuma das duas, pode? Mas acho que vou curtir ST.

    Abraços!

  • Rogério Moreira Júnior

    Acho que vai por ai mesmo, mano – além de serem em tese sociedades que não visam o lucro, e onde a receita é aplicada nos membros e na comunidade.

    Mas vamos chegar nisso esse ano!

  • A música é Space Coast os autores são Topher Mohr e Alex Elena.

  • Marko Kapor

    E vocês achavam que as notícias ruins já tinham acabado…
    2016 continua sendo o ano mais louco da história.

    E filmes de heróis estão melhorando! Não esperem a marvel fazer filmes sombrios! Não é a intenção deles!!!

    Deus abençoe a todos nós em 2017!

    • Rogério Moreira Júnior

      Olha, mas Guera Civil já foi mais sombrio, não? Embora que ache mesmo que nesse ano com Guardiões e Ragnarok (para não Falar de Homem Aranha), ela vai mais na linha zoeira.

      Já a DC vai Zzzzzz…

  • Rogério Moreira Júnior

    Poxa mano, que bom que gostou, cara! Também curti que agente conseguiu um bom equilíbrio nesse programa – todo mundo teve seu espaço para brilhar ali.

    Se quiser ouvir mais do Pablo, ele participou do Arca 11 1/2, que você pode ouvir aqui: http://bibotalk.com/podcast/fora-do-eden/fde11emeio/

  • Rogério Moreira Júnior

    Pegar no pulo do gato – ou seja lá como se fala isso em latim!

    Abraços, mano!

  • Rogério Moreira Júnior

    Poisé, mas acho que o receio é que em breve o pessoal fique meio sem querer ver filmes de heróis por pensarem que são sempre a mesma coisa.

    Agora Mulher Maravilha promete… mas me assusta pensar que Esquadrão também prometia.

  • Obrigado Mano!