Fora do Éden 13½ – Pastora ex-ateia, transplantes e empréstimos

 

A Arca vem, singrando os mares diluviais dessa internet de olha só, trazendo quinzenalmente as notícias cristãs pequenas devidamente acondicionadas dentro da nossa imensa embarcação. Para nos ajudar a desembarcar elas trouxemos o Reinaldo Lírias, lá de Varginha/MG.

Grupo do Fora do Éden no Telegram e no Facebook.

Notícias comentadas no programa:

Categorias: Fora do Éden,Podcast

Tags: ,,,,

  • Lourival Gonçalves

    Já baixando.

    • Rogério Moreira Júnior

      Lourival voltou com tudo!

  • Lourival Gonçalves

    O Reinaldo Lírias tem a voz do Datena.kkk.Tava espera a hora que ele ia falar: Me dá Ibagens”.kkkkk

    • Rogério Moreira Júnior

      Huahauhahuaha… por ai!

  • Lourival Gonçalves

    Essa semana eu vi cabeça do @bibotalk:disqus na cabeça do Lutero.kkkkkk

  • Agora empatamos o jogo entre pastora ateia e pastora ex-ateia. Hahaha!

    Transplante de cabeça mega complexo feito com a finalidade de “desmentir” a religião… isso me cheira a papo furado. No mínimo é usar de recursos muito caros com a finalidade errada.

    Igreja querendo empréstimos… Não, né? Já basta toda a questão das igrejas não serem tributadas, o que é extremamente polêmico. Fato é que enquanto os honestos se viram com o que tem, do jeito que podem e com a benção divina, do outro lado há os lobos querendo devorar tudo que alcançam e ansiando por mais e mais. Se for possível coibir esse segundo grupo sem atrapalhar o primeiro, acho que é o ideal.

    Abraço.

  • Elson Fonseca

    Não perco um episódio de Fora do Éden, que é ao meu ver um dos podcasts mais interessantes da atualidade. Além de entretenimento, me proporciona um crescimento espiritual, e uso algumas informações até em discussões de célula e em pregações. Forte abraço, que Deus os abençoe.

    • Rogério Moreira Júnior

      Oh mano, que bom saber que estamos ajudando de alguma coisa ai – e que até o arquinha tem lá o seu valor para vocês.

      Abraços, mano!

  • Ronaldo Lana

    Tô ouvindo agora, Rogério, os comentários sobre as faltas de comentários! Creio que a gente acabe comentando mais no Telegram mesmo; lá fica mais fácil para facilitar a discussão, não? Valeria a pena mencionar lá no grupo para trazer a conversa pra cá?

    • Rogério Moreira Júnior

      Valeria mesmo, mano – mas tem uma boa turma que nos escuta que não aparece por lá também, por isso o puxão na orelha deles.

      Mas pode deixar que no próximo programa chamamos essa turma para cá.

  • Xogaiath

    Oi, magnânimo episódio!
    Quanto ao ceticismo, ao observarmos a icônica passagem de Hebreus 11, vemos que os que se aproximam de Deus devem crer que Ele existe, mas não somente isso; devem crer que Ele é galardoador dos que o buscam. O que significa isso?
    Está relacionado ao reconhecimento de Deus como a melhor escolha e porção. Está relacionado à crença em Deus como o supremo bem.
    Nós cristãos somos tentados não somente à incredulidade explícita que diz: “Não creio em Deus”. Nem também só à incredulidade que diz que crê e não crê, somos tentados à incredulidade parcial. Cremos que Ele fará uma coisa, porém outra, não. Assim construímos um outro Deus, que é um ídolo. E assim chegamos á idolatria, no coração, o pai de todos os pecados.

    • Rogério Moreira Júnior

      “Cremos que Ele fará uma coisa, porém outra, não”. Sim mano, fatiamos Deus, como que querendo diminuir ele, ou diminuir a chance de nos frustarmos com ele – mas terminamos com um Deus falso, realmente.

  • Xogaiath

    Aliás, Xogaiath é um pseudônimo. São todas as letras do meu nome embaralhadas e somadas à letra X.
    Tirei isso do jogo Kingdom Hearts, em que há uma organização chamada Organization 13. Os componentes desta organização são Nobodies, seres formados a partir de lembranças perdidas de outras pessoas. E o nome de todos eles tem X mais o nome de outro personagem embaralhado.

    • Rogério Moreira Júnior

      KINGDOM HEARTS! Rapaz, fechei o 2º jogo desse com o meu irmão há alguns anos – que jogo fantástico, cara; que história bem feita! Esperando pelo KH3 – embora, é claro, não vou comprar o PS4 só para ele. Mas bem que podia sair pro Switch…

  • Rogério Moreira Júnior

    Poxa Dijean, legal sua história. Acho que precisamos mesmo ter cristãos nestas diversa áreas, para poder ser luz e mostrar como crer em Deus não significa colocar a cabeça de lado, ou abandonar alguns assuntos mais nerds.

    Aliás, ouviu o Nerdcast sobre Realidade Alternativa? Cara, dá para tirar algumas coisas de cristianismo de lá…

  • Silvana Oliveira E Silva

    Olá povo….
    FdÉ, indispensável.
    Hehehehe
    Pediram para eu falar sobre o transplante de cabeça. Eu por acaso estou acompanhando essa história, não é nova, mais tarde explico o porquê.
    O cirurgião italiano que defende a realização do primeiro procedimento não trilha um caminho novo. Inovações tecnológicas e procedimentos revolucionários em Medicina sempre enfrentaram do ceticismo à oposição ostensiva. Da vacina ao primeiro transplante cardíaco. Então tais embates científicos devem ser encarados com naturalidade.
    Agora vamos aos fatos. Nosso “pioneiro” tem algumas coisas a explicar. 1o que o maior desafio de um transplante de cabeça é a religação medular. Não é um tubo. É um feixe hiperdelicado, formado por milhões de prolongamentos de neurônios, que precisam se conectar um a um, remetente com endereço correto. Tal reconexão é considerada inviável hoje, mas ele jura que consegue fazer com uma cola que desenvolveu. Como? NÃO explica.
    2o Se tal solução de adesão é real, por quê ele nunca disponibilizou tal material para pacientes com traumatismo da medula, por exemplo. Muitos paraplégicos se beneficiariam disso hoje.
    3o Já foram feitos procedimentos em animais, ok. Mas os dados técnicos não foram mostrados e portanto não convencem ninguém da realidade até porque ele refere poucos auxiliares para um cão ou símio, mas o requerimento de uma equipe mega para realizar em ser humano.
    Por isso, até o momento soa como delírio e não ciência.
    Mas…. Temos um problema.
    Um membro da igreja onde congrego, muito próximo, me procurou há cerca de um ano, pedindo opinião a respeito. Menos de 50 anos, portador de uma doença que atrofia todos os músculos do pescoço para baixo, confinado a uma cadeira de rodas, condenado a precisar de ajuda até para respirar em um tempo futuro. ESPOSA 2 filhas jovens. Este é o protótipo do paciente para o transplante de cabeca: pessoas com funções cerebrais intactas presas a um corpo que não mais lhes serve. EM geral, pessoas que arriscariam muito pela chance de voltar a andar.
    O pioneirismo nessa área seria um sonho maravilhoso, mas considero inviável com a tecnologia disponível. Mas há pessoas com expectativa, e se for apenas sensacionalismo, temo pelos que podem se ferir.
    Desculpem pelo textão, precisava ser didática. E gostaria muito de rever meu irmão jogando futebol. Só Jesus nessas horas.

    • Rogério Moreira Júnior

      Poxa, boa explicação mesmo.

      Mas e a parte teológica, alguma ideia de onde odem ter tirado a ideia de misturar as almas e alguma coisa assim? Ou que fazer o transplante de cabeça pode ser algo especialmente proibido por Deus?

  • Rogério Moreira Júnior

    Perai, os ortodoxos são contra o transplante de órgãos por causa disso?

  • Rogério Moreira Júnior

    O programa é esse: https://jovemnerd.com.br/nerdcast/realidades-simuladas/

    Só não conta pro pessoal que tou colocando link de outros podcasts por aqui.