FdÉ #11 – Noiva grávida, voto evangélico, Santa Teresa de Calcutá

 

Seja bem vindo à nossa fogueira, Forasteiros, e acompanhe nossa conversa sobre o que acontece fora do Jardim.

  • Em Goiânia, justiça decide que Igreja tem liberdade para não casar uma noiva grávida (que história é essa? O que isso tem a ver com a relação entre Estado e Igreja?).
  • Eleições municipais entram na reta final, e políticos estão atrás do voto dos evangélicos (é permitido pedir voto dentro das igrejas? Quais candidatos estão investindo nisso? Qual é a do PRB?)
  • Papa Francisco canoniza a Madre Teresa de Calcutá (o que significa virar santo para os católicos? O que ela fez em vida para isso? E sobre as críticas a ela?)

Participantes: Cacau Marques, Rodrigo Bibo de Aquino e Rogério Moreira Jr.

Convidados: Petter Martins e William Erthal

Comunidade no Telegram do Fora do Éden


Links no episódio.

Igreja é indenizada por ser obrigada a casar uma mulher grávida

  • O casamento aconteceu no dia 23 de Abril de 2005, na PIB de Goiânia. Em 2006 os noivos entraram na justiça contra a Igreja, e a decisão em segunda instância deu razão à comunidade religiosa. Segundo a justiça, a Igreja Batista tem a autonomia para decidir quem ela vai casar ou não.
  • Notícia da época no site JusBrasil e no IBDFAM
  • Notícia da decisão recente no site do Conjur

Brasileiros vão às urnas e políticos procuram o voto dos cristãos

Rebanhão anuncia gravação de novo CD

Madre Teresa é canonizada pelo Papa Francisco

  • No dia 4 de setembro a Madre Teresa de Calcutá foi canonizada pelo papa Francisco – ou seja, ela passa a ser considerada santa para as comunidades católicas ao redor do mundo. Ela é conhecida principalmente por seu trabalho com os pobres de Calcutá, pelo qual ganhou o Nobel da Paz em 1979.
  • Resumão feito pelo Petter sobre a Madre Teresa e a questão dos Santos

Categorias: Fora do Éden,Podcast

Tags: ,,,,,,,,,,

  • Lourival Gonçalves

    Já baixando.Esse FDE deve tá muito bom.

    • Rogério Moreira Júnior

      Tomara que esteja!

  • Alexandre Ferreira Santos

    Salve rapaziada! Foi emocionante ouvir o bloco sobre Teresa de Calcutá (tive a oportunidade de estar na Praça S. Pedro na canonização, mais de 100 mil pessoas, um número imenso de asiáticos, como nunca tinha visto em Roma).

    Dados interessantes:
    1. O miraculado do processo de canonização de S. Teresa foi um brasileiro.
    2. O processo de canonização é um processo jurídico com defesa e acusação, onde o Papa ratifica o veredito final. Os milagres devem ser atestados por médicos não-católicos. Há três etapas no processo e cada uma é marcada pelas declarações de:

    ___1º. Servo(a) de Deus: Ser batizado e viver o cristianismo em grau HEROICO.

    ___2º. Beato (a): Reconhecimento da intercessão EXCLUSIVA (por exemplo, se a pessoa pediu a intercessão do Servo(a) de Deus e de S. Judas, o milagre não será considerado), demonstração da relevância da veneração pública local.

    ___3º. Santo (a): Reconhecimento de outra intercessão, demonstração da relevância da veneração em âmbito global.

    3. Um caso de dispensa do milagre para a canonização que toca o Brasil diretamente é o de São José de Anchieta. Dada a distância histórica entre o início da veneração (logo após sua morte 1597) e sua canonização (2014), foi considerado os inúmeros relatos de intercessão e não uma intervenção sobrenatural cientificamente comprovada.

    Sempre vale a pena lembrar que os santos não fazem milagres, o único que faz milagre é Deus. A doutrina da “intercessão dos santos” diz que eles(as) estão de tal modo assimilados a Cristo que, estando no Céu, continuam a colaborar com a Salvação dos seus irmãos que estão na terra e no purgatório. Todo santo(a) foi um pecador, é bom lembrar isso também, pois no fundo é a graça de Deus que importa e o quanto aquela história de vida ajuda a edificar a Igreja.

    Sobre a “falta de fé” de Teresa de Calcutá recomendo o livro de Brian Kolodiejchuk: “Venha, Seja Minha Luz”.

    Para entender um pouco mais como Teresa de Calcutá entendia o Sofrimento recomendo: https://w2.vatican.va/content/john-paul-ii/pt/apost_letters/1984/documents/hf_jp-ii_apl_11021984_salvifici-doloris.html

    Sobre o processo da Noiva Grávida: Entendo que o Casamento tem um aspecto teológico-sacramental e um aspecto jurídico-contratual (por se tratar de um pacto), mas no caso a justiça julgou a igreja como “prestadora de serviços” e esse aspecto comercial é o que mata.

    Abraço irmãos!

    P.S.: Petter, você me enche de um santo orgulho, valeu!

    • Rogério Moreira Júnior

      Rapaz, interessante isso. Achei muito curioso quando entendi pela primeira vez que os santos, para os católicos, partem desta ideia de que são pessoas que estão no céu. E esse seu comentário ajudou bastante em esclarecer isso.

      E você estava lá no Vaticano? Temos que acertar para você virar o nosso correspondente na Cúria o mais rápido possível!

      Abraços, e valeu pelo comentário, mano!

      • Alexandre Ferreira Santos

        Opa, vou começar a treinar o sotaque italiano. kkkk

    • Silvana Oliveira E Silva

      Obrigada pelo comentário, padre. Tenho aprendido muito sobre ICAR com suas intervenções oportunas.

    • Olhaí, Padre! Muito bom, Muito, muito bom!
      Belo complemento. Realmente não havia achado em minhas pesquisas detalhes sobre o processo em si. O lance de ser o processo jurídico com defesa e acusação é sensacional.

      Obrigado, Padre.
      Sua Bênção.

  • César Aguiar

    Mais uma excelente apresentação, ou programa, como queiram! No começo dessa nova atração, fiquei com um pé atrás, por gostar muito do formato teológico do Btcast, mas vocês me ganharam!!! Rogério, você está de parabéns mano!! O fora do Éden 10 foi assombrosamente MILHORANZANÂMICO, ou seja, SENSACIONAL!!!! Esse também não ficou para traz, belas abordagens e aprendizado. Muito boa a atuação do Peter, oxalá se todos os católicos fossem como ele, alguém que busca compreender a sua fé. O Cacau é o “Mago dos podcast’s” ele está em todos e muuuuito bem!!

    Enfim, continuem nessa pegada dinâmica, atraente e inteligente!

    Abraços.

    Pb. César – Santa Maria Sul DF.

    • Rogério Moreira Júnior

      Oh mano, obrigado pelas palavras gentis!

      Ainda nessa semana temos o Arca! Aparece lá e diz o que achou!