Contraponto 025 – BEYONCÉ: como se constroem os ídolos

Neste episódio, vamos desconstruir Beyoncé ou, melhor, analisar como se constroem os ídolos.
Em seu último álbum – uma obra áudio-visual-, “Lemonade”, a artista provocou um amplo debate misturando as marcações das dimensões privadas e políticas da sua carreira. Além disso, numa obra de múltiplas leituras, fica cada vez mais impossível enquadrar Beyonce: arte, ativismo, feminismo, negócio, entretenimento???
Numa conversa sobre as decisões artísticas deste ícone pop, procuramos entender de que forma o lugar que Beyoncé ocupa não pode ser analisada também do ponto de vista da adoração a um ídolo.

Abner Melanias convida Bianca Rati (Projeto Redomas) e Luciana Petersen (Projeto Redomas) para tentarmos, por meio de Beyoncé, entender como se constroem os ídolos.

SONORA: Glória Hefziba

Arte por Marcelo Nakasse

CLUBE DO CONTRA: https://goo.gl/erwUEl

Assine o feed do CONTRAPONTO: novo podcast da família Bibotalk, clique aqui!


Categorias: Contraponto

Tags: ,,,,,,,,,,,,,,

  • Fabiana Murray

    Adorei o episódio. Muito bem feito e descutido sobre a carreira dela. Sonho com um assim igual para a Christina Aguilera.

  • Luiz Ricardo Neves

    Muito bom!
    Acompanho o contraponto desde o início, sempre com assuntos interessantes!

    Não sou fã da Beyoncé, mas só ouvi porque fiquei curioso: recentemente soube que ela era Metodista (minha denominação) e além de ser uma das maiores contribuintes em missões dentro da instituição irá cantar em um evento mundial de metodistas!

    Porém o que mais me surpreendeu (de maneira positiva) no episódio foi a participação da Glória!!!
    Cara que saudade dessa guria nos BTCAST!!!

  • Ainda não ouvi, mas só guria maravilhosa. E que saudade da Glória, minha gente. Como eu amo esta mulher. ♥

  • Petherson Costa

    Amigos, o link de download do arquivo zipado está errado.

  • Luciana Santos

    Que podcast! Que mulheres!
    Gente, Adele quebrou um Grammy pra dar metade pra Queen B, imagina o poder da música dessa mulher?
    Uma das maiores estrategistas da música, nada, absolutamente NADA do que ela faz musicalmente é ao acaso!
    No mais, amei a participação de TODAS as meninas!
    Saudades Glória! <3