BTCast 014 – Justificação e Santificação

 
Mais um BTCast na área e desta vez Bibo e Mac conversam sobre o início da vida cristã. Nesse programa descubra qual a diferença entre Justificação e Santificação, veja onde a Regeneração entra nessa história e ouça a piada mais fora do contexto de toda a sua vida…
Ouça no PLAYER abaixo ou clique em DOWNLOAD (clique com o botão direito do mouse no link e escolha a opção Salvar Destino Como) para baixar o arquivo MP3!


Siga Bibo e Mac no Twitter:
@Bibotalk
@Mac_Mau
ps – se você precisar de uma versão mais leve, deixe um comentário nessa postagem.

Categorias: BTCast,Podcast

Tags: ,,,,,,,

  • BiboTalk

    Valeu Alberto, contamos com sua oração!
    obrigado pelo carinho!
    paz do Senhor.

  • MAC

    Grande Alberto, obrigado pela audiência.
    Continue conosco 🙂

    Abraço.

  • Anonymous

    Paz e Graça!!!

    Site cada vez melhor, Parabéns!
    Bibo, que bom que abandonaste aquele circo (site Formulados)..

    Eu era assembleiano, e ao receber as doutrinas reformadas (Cinco Pontos do Calvinismo) e achar completamente insustentável o "calvinismo pentecostal", resolvi sair do pentecostalismo. Primeiramente, fui na 3ª Igreja Presbiteriana Independente (Iririú) em 4 encontros que mais pareciam uma Igreja Quadrangular, ou essas Igrejas Batistas "renovadas".
    Então, conheci a Igreja Presbiteriana Antioquia (Boa Vista), Rev. Jailson Estevão dos Santos, e estou lá alguns meses.

    Uma pergunta: MAC, você tbm é da Assembleia de Deus?

    Que benção que muitos pentecostais estão ouvindo as doutrinas reformadas.

    Estou no aguardo pelos próximos posts.

    Em Cristo,
    Sola Gratia!!!!

  • Anonymous

    ahhh, tinha esquecido…

    Vc diz no teu cast sobre a redenção universal (quando fala sobre a "justificação da humanidade" – aos 10:48 em diante), tal ponto eu discordo. Sou a favor da redenção particular (3º dos Cinco Pontos do Calvinismo).

    Em Cristo,
    Sola Gratia!!!

  • BiboTalk

    Sr ou Sra Anonimo,

    1 – o formulados.com.br não era um circo;
    2 – Não publicarei mais seus comentários se não te identificares. Me admiro, uma pessoa que mostra ter conhecimento, mas que esconde a cara. Então, deixo o aviso, só publicarei com identificação. Como tu parece ser uma pessoa que segue a ética cristã, penso que não terá coragem de mentir ou forjar um nome.
    3 – oro a Deus que tu arrume amigos.

  • MAC

    Anônimo,

    Nunca congreguei numa AD, mas já passei pela IEQ.

    Em Cristo, Mac.

    • BiboTalk

      Bem vindo Mateus!

  • Mateus

    Paz e Graça!!!

    Pois bem… Identificando o Sr. Anonimo.

    Caro Bibo:
    1 – minha opinião sobre o site Formulados ainda é essa = local de entretenimento
    2 – Mateus é o meu nome (identificarei nos proximos post)
    3 – Amigos? Tenho bastante.

    Estou no aguardo do proximo post..

    Em Cristo,
    Mateus

    Sola Gratia!!!

  • Francis

    Oi camaradas, gostei muito deste ultimo áudio, esta sendo muito edificante.
    É legal poder ouvir teologia desta maneira pois a gente aprende de uma forma bem dinâmica.
    Agradeço a Deus por vocês, pois são instrumentos de Deus para nos fazer enxergar além…
    "Que a força esteja com você"(Obi-Wan Kenobi)…rsrrs…

    Abração,

    Francis Moreira

  • BiboTalk

    Valeu Francis,
    a gente se alegra em poder ajudar no crescimento dos ouvintes!
    isso nos motiva sempre!

  • Franciele

    Oi Bibo e Mac!!Muito bom o Pod cast vi no Crentassos e não foi dificil ouvir vcs tambem!! Muito relevante os temas ! Só esse que acho que minha mente não assimilou tanto vou ter que ouvir mais algumas vezes para entender alguns conceitos e tal…mas estou ai disposta a aprender! Sempre!
    Abraços e Deus abençoe muito vcs!

    • Yane

      Olá pessoal =)

      Cara… QUE episódio esse. Que coisa mais explicativa. NUNCA tive uma explicação assim e olha que sou de família evangélica e cresci dentro da igreja (tenho 26 anos). Muito bom mesmo! Gostei demais e ando aprendendo muito com vocês.

      Queria dar uma sugestão: se for possível, por favor, coloquem as referências das músicas/trechos de filmes que vocês usam de background ou naquelas passagens entre blocos do episódio. Eu sempre fico super curiosa pra saber, principalmente quando é música. Ouvi em algum dos podcasts uma versão, digamos, mais clássica de Viva la Vida, do Coldplay e With or Without you, do U2. Onde vocês encontraram essa versão? Gostei também de ouvir What I’ve done, do Linkin Park =D

      Então, se for possível, fica ai a sugestão! =)

      Queria agora falar de uma das minhas grandes dúvidas de vida: sou presbiteriana e, como vcs sabem, a Igreja Presbiteriana é Calvinista, tendo a predestinação como referencial. Ouvindo o episódio de Agostinho e esse, a questão da predestinação ficou um pouco mais clara na minha cabeça. Mas a dúvida continua: se Deus ‘pré destina’ os salvos, por quê Ele permite que nasçam pessoas para irem direto pro inferno? Não consigo aceitar isso. Pra que raios nascer pessoas que não terão nem chance de terem uma eternidade no céu? Sério que Deus faz isso? Jesus veio somente pra um grupo de pessoas pré selecionadas? Ele não veio pra salvar o mundo do pecado? Se era apenas pra essas pessoas pré selecionadas serem salvas, precisava Jesus ter morrido? Somos mesmo super especiais assim a ponto de Deus trazer pessoas que não terão no futuro uma eternidade com Ele só pra, sei lá, interagir conosco? Eu não consigo entender racionalmente nem aceitar que Deus crie seres humanos pra nada =(

      Não sei se vocês têm resposta pra isso, mas é meu questionamento desde sempre.

      Beijão e continuem no bom trabalho!

  • Wagner Alves

    Oi Bibo e Mac, estou gostando muito mesmo do BTCast, “benção pura”;
    Bem o Mac disse aos 5:20 em diante sobre a fé, mas só pra deixar mais claro meu posicionamento, acredito na Depravação Total e na Graça Preveniente do arminianismo.
    Mas a questão é essa: Essa fé que vocês disseram é “gerada” apenas no momento que se houve a palavra de Deus (Biblia Sagrada), de onde vem a fé das pessoas que não conhecem a palavra, de onde vem a capacidade de crer mesmo que seja, digamos numa crença errada, ou num deus que não seja o Deus verdadeiro?
    Baseado na questão anterior, muitas pessoas são até enganadas pelas igrejas de hoje, que até usam do Biblia para beneficio próprio, mas já que a pregação é heresia, como que fica então a questão da fé, ja que não é um evangelho genuíno, pode o Espirito Santo gerar uma fé mais ou menos?
    Gostaria de esclarecimentos pois apesar de anos na igreja parece que agora que estou aprendendo de verdade.
    Agradeço a Deus e a vocês pelo trabalho e dedicação

  • Bruno Bardon

    Primeiramente, gostaria de parabenizar a todos vocês por esse excelente trabalho! Deus os abençoe sempre!

    Agora sobre a justificação:
    Parece ter ficado bem claro que a justificação é o ato perfeito de Cristo na cruz por nos, e que ela é realizada uma única vez na vida do cristão. Ok. A partir dai eu tenho uma duvida: como essa obra perfeita e única de Cristo se relaciona conosco e nosso pecado? Exemplo: uma vez que aceitei Jesus eu me tornei perfeitamente justo, tendo a justiça de Cristo imputada em mim, mas não deixo de ser pecador. Se eu sou justificado, e depois peco, eu não posso ser considerado mais justo! Isso me leva a crer que Jesus morreu por todos os meus pecados, passados, presentes e futuros. Porem, assim não haveria forma de eu me perder! Veja bem, não estou reclamando, mas a Bíblia é enfática no sentido da apostasia. Vários versículos e até capítulos inteiros comprovam isso (2Pedro2(o livro todo na vdd); Hebreus6,10).
    A minha opinião depois de pensar um pouquinho, é que tudo é devido ao Espírito Santo. Veja bem, a salvação vem pela fé na obra salvífica de Cristo e na aceitação do seu senhorio. A fé (vem pelo o ouvir a palavra de Deus através da graça preveniente) é uma ação sinergista passiva com o Espírito Santo (eu apenas não “resito”(At7:51) de forma que não depende de mim, mas da ação do espírito) então sou Justificado. Essa justificação(que me é concedida através do espírito pela obra de cristo) atua durante toda a minha vida. Porem tudo que semearmos vamos colher. Se semearmos pecado vamos colher morte. Essa morte pode ser a separação do Espírito Santo, ele não habita em templo sujo, nem em uma casa que não é dele. Portanto, se o Espírito se apartar de nos, junto com ele nossa justiça. Desde que continuemos com o Espírito Santo a obra justificadora de Cristo terá efeito em nos. “Porque a inclinação do da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.” (Rm 8:6) Porque “nenhuma condenação há PARA OS QUE ESTÃO em Cristo Jesus, QUE NÃO ANDAM SEGUNDO A CARNE, MAS SEGUNDO O ESPÍRITO.

    Gostaria de saber a opinião de vocês. Obrigado!!
    A Paz do Senhor.

  • Ufa… quase sem tempo para a maratona. Mais um grande episódio esclarecedor e que acrescentou bastante coisa as minhas convicções. Grande abraço.

  • Victor

    Muito bom! Tô ouvindo alguns podcasts de vocês e estou gostando bastante. Vou sugerir esse podcast, caso encontre alguém novo na fé, como vocês disseram. Uma pergunta: vcs curtem Tarantino né??