BTCast 092 – Caridade e Diaconia

 

Muito bem, começa mais um #BTCastPLUS! Neste episódio, Bibo, Alex, Milho e Glória voltam ao episódio 088 e ampliam a discussão.

Neste episódio entenda o que é diaconia e como ela se relaciona com o ministério de Cristo, saiba como ser um servo dinamizado, pegue doenças com a igreja primitiva, faça caridade com os monges e levante a bunda da cadeira. Isso e muito mais nesse BTCastPLUS!

Links Comentados:

  • Seja um Mantenedor do Bibotalk!
  • Visite a BTStore e conheça nossos livro e as nossas camisetas!

Curta nossa página: www.facebook.com/bibotalk

Assine nosso canal no Youtube, clique aqui!

Twitter dos integrantes:

@BiboBTcast | @Mac_Mau | @stahlhoefer | @milhoranza | @BelaDecepção

Assine o feed http://feeds.feedburner.com/bibocast

Envie seu comentário em áudio para podcast@bibotalk.com , ou no botão “Gravar Efeito BTCast!” no canto inferior direito da sua tela!

Arte da vitrine por JP. Conheça mais o trabalho dele aqui.

QUER O ARQUIVO ZIPADO? Clique aqui!

 



Para ouvir clique no play e para baixar clique em download!
(Agora o arquivo na qualidade baixa será somente disponibilizado na versão zipada)

Categorias: BTCast,O Reino,Podcast

Tags: ,,,,,,,,,,

  • Wando Rodrigues

    Opa…O f5 aki ja ia quebrar bora ouvir….

  • Paulo Henrique

    o meu f5 rachou literalmente!!!

  • Welber Martins

    Vamo

  • Welber Martins

    Diáconia feminina é bíblica agora sacerdócio óbvio q ñ! Né?

    • Glória Hefzibá

      O sacerdócio é universal 🙂 (1 Pedro 2:9)

      Quanto a outras coisas, só no episódio que teremos sobre ordenação feminina!

      • Welber Martins

        Vlw Glória mas descordo acho q esse versículo ñ fala d ministérios acho q o contexto d 1 Timóteo 3 abre uma brecha para as mulheres para serem diáconisas mas ñ pro pastorado mas q começe os jogos

        • Glória Hefzibá

          Você falou em “sacerdócio” e não em pastorado.

          • Welber Martins

            Foi ouvi algum podcast alguém usando esse termo pra isso acho q no sentido q o marido sacerdote da casa

  • João Lucas dos Santos

    Há! Providencial! Meu tema na próxima EBD!

  • Matheus

    Que tema bacana! A e forma que foi abordado também foi sensacional, eu já vinha refletindo sobre esse assunto….e me deixou pensando mais ainda…

  • Meu Deus que programa bom!

    Acabei de escutar e estou ate meio sem palavras.
    As analises apresentadas nesse programa não só me deram hemorragia nasal, mas me deram um tilt total aqui.
    Que foi a relação de diaconia e amor feita pela @gloriahefziba:disqus ? E a analise escatológica feita pelo Milho?
    Gente não tenho muito a acrescentar agora com esse meu comentário, mas gostaria de agradecer a vocês por me fazerem pensar em como deve exercer esse amor que Cristo me da pelo próximo.

    Bibo sua edição esta ficando ótima. Só uma pergunta, que musica foi aquela do final? era Third day né?

    Ps: Gloria ainda não acredito na ordenação feminina ao pastorado, mas estou ansioso para ouvir o programa que gravaram sobre esse tema, e para ser mais exato a sua posição.

    Abraços e vida longa ao BTCast

    • Glória Hefzibá

      Sim, é Third Day, e a canção é “Holy, holy, holy”.

  • Carl Pedro

    Galerinha, este foi um dos melhores episódios. Parabéns!! conteúdo de primeiríssima!!

  • Guest

    vcs estão de parabéns, Ótima iniciativa na net…

  • César Aguiar

    Baixando agora! Amanhã comento! Abraços.

  • Samuel Junior

    Muito bom o podcast. Sinceramente, esperava que alguém fizesse criticas a “Teologia MI” como vem ocorrendo por alguns pastores por ai. Fiquei bastante feliz e satisfeito com o tempo dedicados a ouvir esse podcast. Que DEUS mantenha vcs sempre com animo e força pra continuar. No aguardo de novas publicações e novos livros (o Mosaico ficou show).

    Ah, que música é essa no fim? Maneira demais 🙂

    • Alexander Stahlhoefer

      Samuel,
      No pod anterior sobre Reino de Deus já deixamos claro os problemas da TMI quando se torna em um discurso pós-milenista e utópico. No mais, hoje ainda publico um vídeo onde novamente toco na ferida das alas mais à esquerda da TMI. Ainda assim, acho a TMI como um todo um avanço, assim como a TL representou um avanço na teologia latino-americano de sua época. Criticas sempre podem ser feitas, mas quando é pra trazer algo que possa melhorar.

  • S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L – Um dos melhores episódio do BTCast. Grande abraço.

    • Felipe

      Ae! Agora sim a MIssão Integral foi bem representada! Muito bom mesmo esse programa!

      Valeu pela lembrança Milho!

      • Alexandre Milhoranza

        Estamos ligados em nossos irmãos Felipe, mas perceba que mudamos o foco da apresentação. 😉

  • Baixando…

  • Carlos Amorim

    Interessante, como C.S. Lewis encarava o jejum ou qualquer prática que privasse o cristão de alguma coisa. Segue um trecho do livro “O peso da glória”.

    “Se você perguntasse a vinte homens íntegros dos nossos dias qual acreditam ser a maior das virtudes, dezenove responderiam: ‘abnegação’. Mas se perguntasse a qualquer um dos grandes cristãos do passado, diria: ‘amor’.

    Você percebe o que aconteceu?

    O termo positivo foi substituído por um negativo, e a importância desse fato transcende o campo da filologia.

    O ideal negativo de abnegação traz consigo, basicamente, a noção não de procurar o benefício dos outros, mas de prescindirmos nós desse benefício, como se o importante fosse não a felicidade alheia, mas a nossa abstenção. Não me parece ser essa a virtude cristã do amor.”

    Sermão entregue na Igreja de St. Mary the Virgin, em Oxford.

    Peso de Glória (C. S. Lewis)

  • Gabriel E. Bruna Zilki

    Alguém poderia me informar a bibliografia usada pela pela Glória Hefzibá, de quando ela fala sobre o jejum e cita a questão de “doar o valor da refeição” aos pobres?

    • Leandro Alves

      Pastor de Herbas

    • Glória Hefzibá

      “O Pastor”, de Hermas.

  • Leandro Alves

    No minuto 22 a Glória diz que para Aristóteles a misericórdia era uma patologia, por isso, os cristãos poderiam ser mal vistos por fazer obras sociais. Discordo disso, pois Sócrates e Platão viam o assunto com bons olhos. Platão conceitua filantropia como “afabilidade, assistência ao infeliz e hospitalidade” e cita o próprio Sócrates como exemplo disso.

    • Glória Hefzibá

      Ué, Leandro, mas você citou Platão e eu falei de Aristóteles? Não entendi…

  • Cada vez mais sensacionais. Agora com a Glória, ficou muito bacana. Um timaço de primeira com posts que não dá pra perder nenhum. Continuem firmes, pessoal!

    • Glória Hefzibá

      Obrigada, Denys!

  • Alexandre Ferreira Santos

    https://www.youtube.com/watch?v=RksoehWok5U
    Glória casa comigo!? rs rs rs

    Deus os abençoe sempre!

    • Glória Hefzibá

      Estou eu aqui reouvindo o episódio, e começo a ler os comentários… A coisa está difícil mesmo, hein, porque eu estou recebendo proposta de casamento de um padre! Nem quando recebo ela pode ser real, rs

      A música resume o episódio, obrigada por compartilhar!

  • Willian Rochadel

    Galera, não consegui nem terminar de escutar ainda, mas é um podcast histórico!
    Muito conteúdo edificante e útil, até anotando pontos fundamentais:
    Glória: O jejum dos primeiros cristão que deixavam de comer para dar aos pobres
    Bibo: A Igreja não faz missão, a igreja é missão.
    E muita história com Milho e Alex.
    Parabéns galera!

    • Glória Hefzibá

      Estou reouvindo o episódio e, realmente, é muito conteúdo mesmo!

      • Willian Rochadel

        Glória, BTCasters,
        Estava ouvindo o BTCast 118 – Deuteronômio e o Bibo cita 1 João 3:16 “Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.”

        Foi então que me lembrei de uma frase bastante comum “Ele se fez pobre para que fôssemos ricos!”, parafraseando 2 Coríntios 8:9 “Porque já sabeis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre; para que pela sua pobreza enriquecêsseis.”

        Todo o contexto fala sobre amor, porém riqueza e pobreza intrinsecamente é relacionado com dinheiro. Então, poderiam trazer uma discutir sobre esse versículo?

        Vlw 😀

  • Rafael Nobre

    Que BtCast edificante, quanto a participação da Glória Hefzibá nesse podcast foi da hora. Soli Deo Glória!