• André

    Tenho escutado o btcast desde sua participação no podcast de Jó do irmãos.com, e já posso dizer que é um dos meus podcasts favoritos…

    Obrigado por mais um bate papo interessante… vamos ao cast…

    • Bibotalk

      Valeu André, então tu sabe que temos episódios antigos que estão lhe esperando hehehe

      forte abraço

  • veremos (quer dizer ouviremos o que o Bibo,Mac,Alex, tem a nos dizer),e o “telogia “passou de esporte,para malhação,e agora ,vai virar fisioculturismo?

  • “cuidadado que esse teu amigo tem …. olho gordo!!!” ,as virgulas sonoras de bt cast sempre são muito boas,mas agora fiquei muito chateado por chamarem de mala 🙁 e … ,pegadinha do malandro ,legal o cast ,e Alex que palavras de baixo calão ,(há,há) mas cuidado para não chamarem o Leadro Lima e Nicodemus no mesmo podcast ,senão o Mac tem um ataque cardiaco

    • e gostei muito da série as tabuas da lei , comecei escutandoo cast pelos podcats do Lutero ,mas a série as tabuas da lei foram mais episódios, então deixará mais saudades ,mas vamos ouvir a série plenitude dos tempos,elá será o próximo episódio?

      • Bibotalk

        Fala Felipe, sim, será a próxima série e o px episódio!

  • Fredson Souza Oliveira

    oi pessoal do Btcast, gostei muito do pod sobre Nicodemos, fico na espera de outra personalidade de relevância para o cristianismo!!! gostei muito de vocês ter participado de outros podcasts!!!!!!!valeu!!!!!

    • Bibotalk

      e ae Fredson, que bom que tu curtiu, mas como disse nesse pod, vcs tem que se contentar com a gente hahaha a agenda dessas personas é bem corrida e gravamos pela manhã, o que dificulta um pouco.

      valeu!

  • Marcelo Mitome

    Mais uma vez fui edificado pelo pod de vcs!!!
    Gostei muito dessa serie,vou ouvi-la de novo para relembrar,a serie toda foi muito edificante e mostrou os mandamentos de uma maneira bem interessante,aprendi coisas que nem imaginava que fizessem parte dos ensinamentos.
    A edição dos recados da paroquia ficou muito boa!!!ri muito com aquelas vozes!!!!
    Um grande abraço a toda equipe e muito obrigado pelo otimo trabalho que vcs tem nos proporcionado.

    • Bibotalk

      Marcelo, quando lembrar, coloque a equipe Bibotalk em suas orações! Forte abraço!

  • Deuteronômio 21: 10 ao 14
    Quando saíres à guerra contra os teus inimigos, e o senhor jeová teu deus os entregar nas tuas mãos, e tu deles levares prisioneiros, e tu entre os presos vires uma mulher formosa à vista, “e a cobiçares”, e a tomares por mulher, então a trarás para a tua casa; e ela rapará a cabeça e cortará as suas unhas. E será que, se te não contentares dela, a deixarás ir à sua vontade; mas de modo algum a venderás por dinheiro, nem a tratarás como escrava, pois a tens humilhado. O que significa não contentares dela neste contexto? Era não satisfazer sexualmente.

    RESUMO: Não cobiçarás só valia para Israel, pois os outros povos podia cobiçar, o mais agravante, autorizado pelo deus Jeová. Logo Jeová não é deus, Jeová é um querubim. Irmãos vamos acordar, tem problema na Bíblia. Quem for espiritual vai pegar…

    • Bibotalk

      Calebe, respeito tua opinião, mas não concordo e acho que quem tem que acordar é tu.

      • Então me explica essa autorização pra cobiçar na guerra! Em primeiro lugar a Lei diz: Não matarás. Porque Israel estava matando então? Se podia matar os outros povos (homens, mulheres, crianças de colo), a Lei do não matarás só valia para Israel. Não matarás Israel. E o não cobiçarás? Como é que fica? O texto é claro na guerra podia cobiçar… Essas ordens viam do Pai ou de outro?

        • Bibotalk

          Se tu acompanhasse nosso trabalho, veria que já respondemos essa questão.

          • Bom, se eu disser assim: A Dilma é presidente do Brasil, alguém diz: Não, na minha opinião ela não é! O fato é: A Dilma é presidente! É a mesma coisa eu dizer Jeová é um anjo, alguém diz: Que absurdo, que heresia, não Jeová é Deus. O fato é: Iavé é um querubim. Um deus que manda profeta comer cocô, obriga a praticar o canibalismo, manda o povo ir pra guerra matar, um deus que matou milhares de crianças de colo (os primogênitos), um deus q

          • Não pode ser o verdadeiro e sim o falso deus. Bom se alguém quiser estudar uma segunda opinião da Bíblia entra aqui http://jeovanaoeopai.blogspot.com.br/
            Em II PD 1:20 diz que a Bíblia não é de exclusiva interpretação, logo cada qual enxerga como pode… Os mistérios do reino são para poucos… Deus abençoe e todos!

  • Muito bom o pod, mas preciso confessar que fiquei incomodado com a malhação do capitalismo, que não é sinônimo de cobiça ou de futilidade, mas de mercado livre, e que surgiu em países cristãos. Recomendo este livreto sobre o assunto: http://monergismo.com/wp-content/uploads/cristianismo-capitalismo-rush-livreto.pdf
    De resto, ótimo.
    Deus os abençoe.

    • Alex

      Luiz Renato,

      Obrigado pelo comentário e pelo envio do link. Li o breve livreto sobre o assunto e ele representa uma corrente de pensamento chamada de Capitalismo Cristão. Advoga o laissez-faire como solução para tudo. É uma corrente, dentre tantas outras possíveis. A Bíblia não advoga um único sistema economico. Tanto o mais ferrenho capitalista, quanto o anarquista de esquerda ou direita, e mesmo o socialista irá encontrar nas Escrituras versículos a favor de seu modo de pensar a economia! Lembremos que a Igreja Primitiva era comunitarista, uma especie de prototipo de anarquismo de esquerda. O antigo testamento traz visões parecidas com o capitalismo, com um cunho mais social. E assim por diante. Não há um sistema perfeitamente Bíblico. O autor do livro tem razão em dizer que o moderno capitalismo tem raízes puritanas, Quentin Skinner aponta para a raiz do conceito de liberdade em Lutero e na reforma. Tb Max Webber fala da reforma e do pietismo/puritanismo com seu conceito de Beruf (profissão/chamado) como mola propulsora do desenvolvimento economico europeu.
      O que eu particularmente faço é ser crítico com qualquer coisa! A luz das Escrituras não posso achar bonito um sistema que escraviza nações em favor do benefício de outras. A divisão internacional do trabalho, a dominação dos paises ricos sobre os pobres, e a politica externa protecionista para os outros e de livre comercio para nós são taticas infernais dos paises do norte. Te convido abrir um pouco mais o teu campo de visão nesta área. Não sou marxista, nem capitalista. Não defendo esse ou aquele sistema. Vejo os problemas e tento viver no meio deste ambiente caótico. Me dói comprar um tenis sabendo que a pessoa que trabalhou por ele ganhou uma miséria enquanto o cara que é dono da industria e o dono da loja encheram o bolso de dinheiro. A pretensa liberdade do sistema capitalista é ameaçada fortemente pelo protecionismo imposto pelo donos dos meios de produção que não querem perder a boca. Por isto os pescadores do Chile não tem como vender seu peixe (tá no livrinho lá), não pq eles não são cristãos, mas pq não há interesse nos bancos do exterior em financiar a produção de alguém que vai tirar os empregos dos “crentes” nos EUA e nos países nórdicos e no Japão, lideres deste mercado. o autor é fraco em termos macroeconomicos.
      Escrevi um livro bem maior que este que tu me mandaste junto com um amigo economista. Falamos de um sistema mais justo dentro do capitalismo. Se quiser ler posso enviar por email. Só solicitar pelo alex@bibotalk.com
      Abraços!

      • Bibotalk

        Alex, prepare um post e disponibilize para galera ae mano!

  • Alex,
    Coisas como “divisão internacional do trabalho, a dominação dos paises ricos sobre os pobres, e a politica externa protecionista para os outros e de livre comercio para nós ” não são inerentes ao capitalismo. Capitalismo, ao menos como o concebo, é livre mercado e direito de propriedade de “capitalização”, fazer o dinheiro render. Os males da liberdade são verdadeiramente males, mas limitações da liberdade econômica não tornam a coisa menos perversa, pelo contrário: os perversos são quem normalmente limitam.
    Além do mais, boa parte dos movimentos anticapitalistas são ligados ao anticristianismo, “ópio do povo” e tal.
    Nenhum cristão – nem ninguém com o mínimo de bom senso – advoga o laissez-faire como solução pra tudo em um mundo caído – pelo contrário, a esquerda advoga a revolução como panaceia. Defendemos, entretanto, que o capitalismo é mais justo que os outros sistemas.
    Como vc mesmo disse, o AT mostra “um tipo” de capitalismo, e o comunitarismo da Igreja Primitiva era voluntário e se dava dentro do sistema econômico romano.
    órfãDiga-se de passagem, segundo a Bíblia o cuidado dos pobres, órfãos e viúvas é função da igreja, não do estado.
    A discussão “tá” boa.
    Abraços.

  • Alex

    Luiz Renato,

    O que dizer dos reformadores, p. ex. Lutero e Calvino que diziam que o dinheiro é improdutivo em si mesmo. Eles defendiam a tese da improdutividade intrinseca do dinheiro. Baseavam isto na proibição dos juros no AT. Lutero escreve um tratado contra Usura por exemplo. Para eles vale a lógica veterotestamentária de que somente trabalho produz riqueza. Riqueza não pode produzir riqueza. Capital acumulado não pode gerar renda, nem riqueza, nem mais capital. Dinheiro emprestado não pode ser requerido com juros, pois dinheiro não é trabalho, e não trabalha. Só trabalho gera renda. Além disto o juro é tido como injusto pois, no máximo, quem emprestou perdeu a oportunidade de usufruir do dinheiro, por isto merecia uma compensação por isto, mas nada mais do que uma simples compensação. Sobre o ponto de vista economico do assunto recomendo a leitura do Roger Backhouse The penguin history of Economics (tem em portugues tb) nos capitulos sobre Judaismo, Cristianismo primitivo e Reforma. Mais aprofundado recomendo o André Bieler, O pensamento economico e social de Calvino.
    E tem outra coisa: o conceito de livre mercado é moderno. Procurar ele na Bíblia é no minimo tentar ler as Escrituras a partir de um pressuposto filosofico/economico inexistente nos tempos bíblicos. Leia um pouco sobre história da economia antiga do Backhouse que citei, e vai ver que esse conceito é bem moderno. Também sugiro Eduardo Galeano, As veias abertas da America Latina pra vocês ver quantos “benefícios” o livre-mercado trouxe para a AL nos 5 seculos de dominação européia e agora norte-americana.
    A discussão tá boa mesmo!!
    Abraço

  • Murilo

    Esta cada vez melhor ouvir e aprender com os pod cast de vocês!!

    Grande abraço

    Murilo e Gi

  • Cléber Maciel

    Olá, gurizada.
    Estou passando só para dizer que estou adorando ouvir vocês.
    Sou um novo ouvinte, trazido pelo irmãos.com.
    Achei vocês feras. Pra mim, o melhor podcast cristão existente.
    Estou ouvindo um monte de cast seus em lupe.
    Vocês já me arrancaram de tudo. Desde sorrisos, risos a lágrimas.
    Eu tenho 20 anos e comecei a me questionar sobre a “bíblia” pregada nos púlpitos. Confesso que cheguei a até a perder a fé em Deus. Mas vocês mudaram isso. Descobri em vocês um amor novo. Uma paixão, em Deus, que a muito, tempo, eu havia me esquecido.
    Cheguei a twittar para vocês… enquanto chorava ouvindo um dos seus #BTCurtas.
    Vocês se tornaram benção na minha vida… e estou animado a continuar na fé… e aprender tanto quanto vocês. POr isso… tem como me passarem nomes de bons livros… não quero cair no erro de ler teologia velha e errada.
    Apesar de teoricamente fazer parte de uma igreja renovada eu raramente ouvi essa teologia clara e simples pregada por vocês.

    Abração… e que Deus lhes abençoe, amados.

    • Bibotalk

      Olá Cléber,
      ficamos honrados com seu comentário. Valeu mesmo, isso motiva ainda mais nosso trabalho, ou melhor, laser.
      Indicar livros fica complicado, pq não sabemos o que exatamente você quer ler, mas editoras como Ultimato (livros numa boa linha devocional e teológica) Vida Nova, Vida, Hagnos (mais teológicos), Cultura Cristã (teologia reformada) CPAD (devocional e alguma coisa de teologia). Essas editoras geralmente publicam coisas boas. E tem autores, por exemplo, o Stott é um cara bom pra ler, o Piper, o Nicodemus… meu, tem muita coisa boa por aí.

      forte abraço!

  • Cléber. Maciel

    Obrigado pelas dicas… vou procurar entre suas dicas e comprar alguns livros.

  • Kico Brueckheimer

    Muito boa esta série sobre as tábuas da lei! É sempre desafiante olharmos para nós mesmos nessa hora.

    Não lembro se vocês mencionaram em algum BTCast – Tábuas da lei, sobre os três usos da lei de Lutero. No segundo uso, o uso pedagógico, ele deve funcionar como se a Palavra de Deus fosse um espelho, mostrando nossos pecados e direcionar-nos para a graça. O problema é que muitas vezes queremos pegar esse “espelho” e apontar para outras pessoas, apontando textos bíblicos e etc, assim dizendo, e não reconhecemos a partir da Palavra o que nós precisamos acertar e modificar em nós.

    Novamente, muito boa esta série.

    Abração